Formação docente: desafios para a Pedagogia Universitária

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v7n3a2018-12

Palavras-chave:

Formação docente, Docência universitária, Pedagogia universitária, Profissionalização docente

Resumo

O presente artigo tem como objetivos aprofundar reflexões teóricas sobre a necessidade de formação docente sistematizada e cientificamente fundamentada. O questionamento que orientou a investigação circunscreve-se à possibilidade de que o conhecimento pedagógico, considerado um dos eixos estruturantes da docência, articulado ao domínio de conteúdos da área específica de atuação docente, possa contribuir para o fortalecimento da prática pedagógica na universidade. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, por meio do estudo analítico-exploratório de contribuições teóricas sobre a temática, pautadas nos seguintes referenciais (Almeida, 2012; Melo, 2018; Pimenta e Anastasiou, 2005; Bolzan, Isaia; 2010; Cunha, 2004). A análise indica a essencialidade de construir projetos institucionais que tenham como ponto de partida as necessidades formativas dos professores em contexto e, que reconheçam na pedagogia universitária o espaço profícuo para formação e profissionalização docente. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Darlene Silva dos Santos, Universidade Federal do Piauí - UFPI - Piauí - Brasil

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professora da Universidade Federal
do Piauí (UFPI/CMRV).

Geovana Ferreira Melo, Universidade Federal de Uberlândia - UFU - Minas Gerais - Brasil

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professora Associada da Universidade Federal de Uberlândia. Coordenadora do GEPDEBS - Grupo de Estudos e Pesquisas em Docência na Educação Básica e Superior.

Referências

ALMEIDA, Maria Isabel de. Formação do professor do ensino superior. Desafios e políticas institucionais. São Paulo: Cortez, 2012.

ALMEIDA, Maria Isabel de & PIMENTA, Selma Garrido. Pedagogia Universitária: valorizando o ensino e a docência na Universidade de São Paulo. In: PIMENTA, Selma Garrido & ALMEIDA, Maria Isabel de (orgs.). Pedagogia Universitária. São Paulo: EDUSP, 2009, p. 13-38.

BENEDITO, Vicente; IMBERNÓN, Francisco.; FÉLEZ, Beatriz. Necesidades y propuestas de formación del profesorado novel de la Universidad de Barcelona. Profesorado: Revista de Currículum y Formación del Profesorado, Espanha, v. 5, n. 2, p. 75-102, 2001.

BEHRENS, M. O paradigma da complexidade na formação e no desenvolvimento profissional de professores universitários. In: Educação. Porto Alegre. N. 3. 2007.

BOLZAN, D. P. V; ISAIA, S. M. A. Pedagogia Universitária e Aprendizagem Docente: relações e novos sentidos da professoralidade. In: Diálogo Educacional,Curitiba, v. 10, n. 29, p. 13-26, jan./abr. 2010. Disponível em https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/viewFile/3043/2971.

BRASIL. Lei n. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1966.

COÊLHO, I. M. Escola e formação de professores. In: COÊLHO, I. (Org.). Educação, cultura e formação: o olhar da filosofia. Goiânia: Ed. PUC Goiás, 2009.

CORRÊA, Guilherme Torres; RIBEIRO, Victória Maria Brant. A formação pedagógica no ensino superior e o papel da pós-graduação stricto sensu. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 39, n. 2, p. 319-334, abr./jun. 2013.

CUNHA, M. I. A Docência como ação complexa: o papel da Didática na formação de professores. In: ROMANOVISKI, J.; MARTINS, P. L. O.; JUNQUEIRA, S. R. A. (Orgs.) Conhecimento Local e Conhecimento Universal: pesquisa, didática e ação docente. Curitiba/PR: Champagnat, 2004. p. 31-42.

CUNHA, Maria Isabel da et. al. Políticas Públicas e docência na Universidade: novas configurações e possíveis alternativas. In: CUNHA, Maria Isabel da (org). Formatos Avaliativos e Concepções de Docência. Campinas: Autores Associados, 2005, p. 69-91.

CUNHA, Maria Isabel da. Trajetória e lugares da formação do docente da educação superior: do compromisso individual à responsabilidade institucional. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 2009, Caxambu. Anais... Caxambu/MG: ANPED, 2009. p. 1-13. Disponível em. Acesso em: 1 set. 2016.

CUNHA, Maria Isabel da. A qualidade e ensino de graduação e o complexo exercício de propor indicadores: é possível obter avanços? Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 19, n. 2, p. 453-462, jul. 2014.

GAUTHIER, C. Por uma teoria da Pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Unijuí, 1998.

GIROUX, H. A. Os Professores como Intelectuais. Porto Alegre: Artmed Editora, 1997.

GIROUX, H. A. Pedagogia crítica como projeto de profecia exemplar: cultura e política no novo milênio. In: IMBERNÓN, F. A Educação no Século XXI. Os desafios do futuro imediato. Trad. Ernani Rosa. 2.ed. Porto Alegre: ArtMed, 2000. p. 120-138.

JOSSO, M. C. Experiências de vida e formação. São Paulo, Cortez, 2004.

MARCELO, C. G. Políticas de inserción a la docencia: Del eslabón perdido al puente para el desarrollo profesional docente. Documento elaborado para o Taller Internacional “Las políticas de inserción de los nuevos maestros en la profesión docente: La experiencia latinoamericana y el caso colombiano”. Colombia, Bogotá, 2006. Disponível em: <http://www.ub.edu/obipd/docs/politicas_de_insercion_a_la_docencia_del_ eslabonperdido_al_puente_para_el_desarrollo_profesional_docente_garcia_c_m.pdf>.

MARCELO GARCIA, C. Desenvolvimento Profissional: passado e futuro. Sísifo – Revista das Ciências da Educação, n. 08, p. 7-22, jan./abr. 2009.

MELO, G. F. Tornar-se Professor: a formação desenvolvida nos cursos de Física, Matemática e Química da Universidade Federal de Uberlândia. 2007. 233f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2007.

MELO, G. F. Docência: uma construção a partir de múltiplos condicionantes. Boletim Técnico do SENAC: a revista da educação profissional, Rio de Janeiro, v. 35, n.1, p. 29-37, janeiro/abril 2009.

MELO, G. F. Pedagogia Universitária:aprender a profissão, profissionalizar a docência. Curitiba: CRV, 2018.

MOROSINI, M. C.. (Editora-Chefe). Enciclopédia de Pedagogia Universitária – Glossário Vol.2. Brasilia: INEP/RIES, 2006.

PIMENTA, S. G. (Org.). Pedagogia, ciência da educação? São Paulo: Cortez, 1996.

PIMENTA, S. G. (org.). Saberes pedagógicos e atividade docente.2. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

PIMENTA, Selma Garrido & ANASTASIOU, Léia. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2002.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. G. C. Docência no Ensino Superior. 2.ed. São Paulo: Cortez, 2005.

PIMENTA, S. G.; ALMEIDA, M. I. Pedagogia Universitária: caminhos para a formação de professores. São Paulo: Cortez Editora, 2011.

RODRIGUES, M. A. Necessidades de Formação: contributo para o estudo das necessidades de formação dos professores do ensino secundário. Universidade de Lisboa, Lisboa, 1991.

RODRIGUES, M A. ; ESTEVES, M. A análise de necessidades formativas na formação de professores. Portugal: Porto editora, 1993.

SCHEIBE, Leda. Pedagogia universitária e transformação social.Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1987.

TANCREDI, Regina, Maria Simões Puccinelli. Aprendizagem da docência e profissionalização: elemento de uma reflexão. São Carlos: EdUFSCar, 2009. Coleção UAB-UFSCar. 62 p.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

TARDIF, Maurice e RAYMOND, Danielle. Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. Educação e Sociedade. Campinas: UNICAMP, ano XXI, nº 73, dez, 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v21n73/4214.pdf.

VAILLANT, D.; MARCELO, C. Ensinando a ensinar: as quatro etapas de uma aprendizagem. Curitiba: UTFPR, 2012.

ZABALZA, M. A. Planificação e desenvolvimento curricular na escola. Lisboa: edições ASA, 1998.

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

Santos, D. S. dos, & Melo, G. F. (2018). Formação docente: desafios para a Pedagogia Universitária. Revista Educação E Políticas Em Debate, 7(3), 514–526. https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v7n3a2018-12

Edição

Seção

Dossiê: Formação inicial e continuada de profissionais da educação: vieses políticos necessários