América latina: políticas educacionais no Equador / Latin america: educational policies in Ecuador

Autores

  • Erivane Rocha Ribeiro CEFET, MG
  • Geovanna Passos UFMG

Resumo

Resumo: Este trabalho tem o objetivo de contemplar os resultados de reflexões sobre as políticas educacionais na América Latina, com recorte no Equador, observando sua caracterização geopolítica e econômica, e suas políticas educacionais nesse contexto. Contempla-se, ainda, a temática das políticas educacionais, com recorte na legislação. O sistema educacional é considerado um sistema social complexo, devido à pluralidade de finalidades e modalidades de regulação que apresenta, em função da diversidade de atores envolvidos, cada qual com suas opiniões e interesses. Com isso, pode-se considerar que o equilíbrio e o funcionamento desse sistema acontecem por uma interação dos dispositivos reguladores, e não pela aplicação linear de normas, regras e orientações vindas do poder público.

Palavras-Chave: Políticas Educacionais; Sistema Educacional; Equador.

Abstract: This workaims tocontemplatethe resultsof reflectionson educational policiesin Latin America, withcutout inEcuador, watching his characterizationgeopolitical and economicandeducationalpoliciesin this context. Guestsarealsothe subjectof educational policies, legislationtocut. The educational systemis considered acomplex social system, dueto the pluralityof purposesand methodsof regulation thathas, according to the diversityofstakeholders, each withtheir opinions andinterests. Withthis,we can considerthat the balanceand functioning of thissystemoccurby an interactionof the devicesregulators, not by applyinglinearstandards, rules andguidelinescoming from thegovernment.

Key words: Educational Policy; educational system;Ecuador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BARROSO, J. (2005). O Estado, a educação e a regulação das políticas públicas. Educ. Soc.

[online]. 2005, vol. 26, no. 92, pp. 725-751. Disponível em:

<http://www.scielo.br/scielo.

BORON, A. A. Império & Imperialismo: uma leitura crítica de Michael Hardt e Antônio

Negri. Buenos Aires: CLACSO, 2002

CHARLOT, B. Sustentabilidade x desenvolvimento. In: Profissionais do Equador,

Colômbia e França debatem no Encontro Internacional de Educação. Mar., 2010.

Disponível em: <http://www.osascoagora.com.br/...profissionais do Equador- >.

Acesso em: 05 jul. 2010.

ECUADOR. Bureau of International Labor Affairs, U.S. Department of Labor (2002).

Disponível em: . Acesso

em: 25 jun. 2010.

EQUADOR. Educação em Equador. Mar/2007a. Disponível em:

pt.wikilingue.com/es/Educação_preescolar >. Acesso em: 26 jun. 2010.

EQUADOR. Aspectos sociais e econômicos do Equador atualmente. Jun/2007b.

Disponível em: < http://www.aspectos-sociais-e-economicos-do-equador.html>.

Acesso em: 28 jun. 2010.

EQUADOR. Sistema Nacional de Evaluación y Rendición Social de Cuentas. Ministério de

Educación, 2008a.

Revista Educação e Políticas em Debate – v. 2, n. 2 – jul./dez. 2012

EQUADOR. La Notícia Del Mes Números 6 Y 7. Octubre/Noviembre, 2008b.

EQUADOR. Lei Geral da Educação da República Federal do Equador, 2009.

EQUADOR. Plano Decenal da Educação da República Federal do Equador, 2006-2015.

FATTORELLI, M. L. O crescimento da dívida externa brasileira e o endividamento

dos países da América Latina. Jornal A Verdade, Várzea Paulista, 25 de ago. 2009.

Disponível em: <http://www.osasco.sp.gov.br/materia.asp?IdMateria>. Acesso em: 05

jul. 2010.

FELDFEBER, M. (Org.) ; OLIVEIRA, D. A. (Org.) . Políticas educativas y trabajo docente.

ed. Buenos Aires: Noveduc, 2006. 304 p.

MORAES, R.C. As incomparáveis virtudes do mercado: políticas sociais e padrões de

atuação do Estado nos marcos do neoliberalismo. In: KRAWCZYC, N.; CAMPOS, M.

M.; HADDAD, S. (Org.). O cenário educacional latino americano no limiar do século

XXI: reformas em debate. Campinas: Papirus, 2000.

NAVARRO, J. C. Quienes son los docentes? Banco internacional de desenvolvimento.

UNESCO, 2002.

OLIVEIRA, D. A. Política educacional e a re-estruturação do trabalho docente:

reflexões sobre o contexto latino-americano. Educação &Sociedade, Campinas, v.28, n.

, p. 313-640 maio/ago. 2007.

OLIVEIRA, D. A. Política educativa, crise da escola e a promoção de justiça social. In:

FERREIRA, E. B. OLIVEIRA, D. A. (org.). Crise da escola e políticas educativas. Belo

Horizonte: Autêntica Ed., 2009.

OLIVEIRA, J. F. A função social da educação e da escola pública: tensões, desafios e

perspectivas. In: FERREIRA, E. B. OLIVEIRA, D. A. (org.). Crise da escola e políticas

educativas. Belo Horizonte: Autêntica Ed., 2009.

OLIVEIRA, D. A. ; MELO, S. D. G. Cambios en el trabajo y en la Lucha Docente:

reflexiones acerca de las experiencias recientes en Argentina y en el Brasil.

Fundamentos en Humanidades (San Luis), v. 1, p. 181-200, 2010.

RAY, R. Equador: O sucesso de uma política econômica não neoliberal. 2012. Entrevista.

Disponível em: .

Acesso em: 05 dez. 2012.

Revista Educação e Políticas em Debate – v. 2, n. 2 – jul./dez. 2012

RIBEIRO, E.R. Concepções de tecnologia na formação e na práxis do técnico óptico. 2008.136

p. Dissertação (Mestrado em Educação Tecnológica)- Centro Federal de Educação

Tecnológica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.

SOUSA, S. M. Z. L. ; LOPES, V. V. Avaliação nas políticas educacionais atuais reitera

desigualdades. Revista ADUSP, v. 1, p. 53-59, 2010.

VAILLANT, D. Reforma educacional e papel dos docentes. Revista PRELAC, Santiago,

v. 01, n. 01, p. 03-193, jun. 2005. Disponível em:

www.gestaoescolardequalidade.org.br/ >. Acesso em: 05 jul. 2010.

Downloads

Publicado

2013-03-06

Como Citar

Ribeiro, E. R., & Passos, G. (2013). América latina: políticas educacionais no Equador / Latin america: educational policies in Ecuador. Revista Educação E Políticas Em Debate, 1(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/21899

Edição

Seção

Dossiê