CONTROLE DE QUALIDADE DE BASES DE DADOS ESPACIAIS ATRAVÉS DE UMA AMOSTRAGEM DE ZERO-DEFEITOS COM RETIFICAÇÃO

Conteúdo do artigo principal

José Alberto Quintanilha
Linda Lee Ho
Roberto C. Quinino

Resumo

Qualidade é comumente usada para indicar superioridade de um bem manufaturado ou o grau de excelência de um produto, serviço ou desempenho. Uma base de dados pode ser vista como resultado de um processo de produção e a confiabilidade desta impacta o seu valor e a sua utilidade. Neste sentido, procedimentos de amostragem podem ser aplicados para avaliar se a base de dados satisfaz critérios especificados pelo usuário. Neste artigo mostra-se um procedimento para se extrair uma amostra de tamanho ótimo de um arquivo digital preparado para um sistema de informações geográficas, obtido através de um processo de conversão de dados. Dispositivos de geometria similar a um quadrado ou retângulo (quadrats) foram utilizados como unidade amostral num processo de amostragem com critério de aceitação contendo zero defeitos através de retificação. O procedimento foi implementado através do software Matlab e foi desenvolvida uma aplicação, ilustrativa, sobre dados digitais referentes a quadras de uma parte da cidade de São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
QUINTANILHA, J. A.; LEE HO, L.; QUININO, R. C. CONTROLE DE QUALIDADE DE BASES DE DADOS ESPACIAIS ATRAVÉS DE UMA AMOSTRAGEM DE ZERO-DEFEITOS COM RETIFICAÇÃO. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 60, n. 1, 2008. DOI: 10.14393/rbcv60n1-44879. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44879. Acesso em: 16 jun. 2024.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

José Alberto Quintanilha, Escola Politécnica da USP

Bacharel em Estatística pelo Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (1979), Mestre em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1988), Doutor e Livre-Docente em Engenharia de Transportes pela Universidade de São Paulo (1996 e 2005).

Linda Lee Ho, Escola Politécnica da USP

Desde 1990 é professora do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Passou a ser Professor Titular do Departamento de Engenharia de Produção da USP em 2010. Possui graduação em Estatística pela Universidade de São Paulo (1978), Mestrado em Estatística pela Universidade de São Paulo (1987) e Doutorado em Engenharia (Engenharia de Produção) pela Universidade de São Paulo (1995).

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)