Visão agrário-ecológica marxista: uma introdução

Autores

  • Humberto Miranda do Nascimento Universidade Católica do Salvador - UCSAL

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT2311801

Palavras-chave:

Materialismo ecológico, Questão agrário-ecológica, Pensamento russo

Resumo

No presente texto, a visão marxista encontra ressonância nas idéias ecológicas dos cientistas russos especializados em estudos dos solos. Justus Von Liebig também é lembrado através da noção de processo metabólico no estudo da degradação dos organismos vivos. Com base nesses estudiosos, o processo de modernização da agricultura no capitalismo é tratado sob o ponto de vista agrário e ecológico neste artigo. O objetivo é robustecer o sentido da contribuição original de Marx à interpretação do capitalismo agrário a partir das contribuições desses estudiosos. No final, os conceitos principais que ajudam a fundamentar o sentido materialista da relação Sociedade e Natureza são apresentados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Humberto Miranda do Nascimento, Universidade Católica do Salvador - UCSAL

Doutor em Economia Aplicada pela Unicamp. Professor do Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social da UCSal.

Downloads

Publicado

02-02-2007

Como Citar

NASCIMENTO, H. M. do. Visão agrário-ecológica marxista: uma introdução . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 2, n. 3 Fev., p. 55–78, 2007. DOI: 10.14393/RCT2311801. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/11801. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos