As disputas pela terra no sudoeste do Paraná:os conflitos fundiários dos anos 50 e 80 do século XX

Autores

  • Elir Battisti Fundação de Ensino Superior de Clevelândia.

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT1211785

Palavras-chave:

conflitos fundiários, movimentos sociais, mulher camponesa, Sudoeste do Paraná

Resumo

Situada na confluência da História, da Geografia, da Sociologia e da Antropologia, esta pesquisa recupera e reflete a organização e luta fundiária dos camponeses, na região Sudoeste do Paraná em dois períodos distintos - anos 50 e 80 -, mas correlacionados. Trata-se de uma região que ganhou projeção nacional, não apenas pela peculiaridade dos padrões de colonização e organização produtiva, mas também por desenrolar-se num espaço em disputa entre projetos governamentais e empresariais. A pesquisa inova ao incorporar discussão teórica recente oriunda inclusive de outros campos disciplinares sobre as organizações, compreendidas em sua dimensão cultural, o que permite tratar de questões complexas como a do imaginário e da identidade coletiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-08-2006

Como Citar

BATTISTI, E. As disputas pela terra no sudoeste do Paraná:os conflitos fundiários dos anos 50 e 80 do século XX . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 1, n. 2 Ago., p. 65–91, 2006. DOI: 10.14393/RCT1211785. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/11785. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos