EFEITO DA HIDRÓLISE COM CAL VIRGEM SOBRE A COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DA CANA-DE-AÇÚCAR

Autores

  • Mauro Dal Secco de Oliveira FCAV - UNESP
  • José Carlos Barbosa FCAV - UNESP
  • Diego Azevedo Mota FCAV - UNESP
  • Antônio Tadeu de Andrade FCAV - UNESP

Palavras-chave:

fibra em detergente neutro, óxido de cálcio, volumoso, Saccharum oficinarum L.

Resumo

Objetivou-se com este trabalho determinar a composição bromatológica de duas variedades de cana-de-açúcar (IAC 862480 e RB 835453), hidrolisadas com três níveis de cal virgem (zero; 0,5 e 1,0%), e dois procedimentos (cana in natura e silagem). As diferentes quantidades de cal foram aplicadas à cana fresca picada, a qual posteriormente ensilou-se durante 60 dias. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x3x2 (duas variedades x três níveis de cal x dois procedimentos) com 3 repetições. O tratamento com cal não influenciou os teores de extrato etéreo, celulose e de nutrientes digestíveis totais da cana-de-açúcar (P<0,05). Os teores fibra em detergente neutro e de hemicelulose diminuíram em função das quantidades crescentes de cal (P<0,01). As adições de 0,5 e 1,0% de cal virgem (óxido de cálcio) elevaram os valores de pH e foram eficientes em reduzir a fração fibrosa da cana-deaçúcar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-10-14

Como Citar

Secco de Oliveira, M. D., Barbosa, J. C., Azevedo Mota, D., & de Andrade, A. T. (2008). EFEITO DA HIDRÓLISE COM CAL VIRGEM SOBRE A COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DA CANA-DE-AÇÚCAR. Veterinária Notícias, 14(1). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18877

Edição

Seção

Artigos