EFEITOS DE MEDICAÇÕES ANTI-HELMÃ?NTICAS EM OVINOS DA REGIÃO DE UBERLÂNDIA - MG

Autores

  • BARBOSA, F. C. FAMEV - UFU
  • CABRAL, D.D. ICBIM - UFU
  • MUNDIM, A.V. FAMEV - UFU
  • QUEIROZ, M.J.J. Academico. FAMEV - UFU

Palavras-chave:

Anti-helmintos, Ivermectina, ovinos.

Resumo

Um dos principais problemas encontrados na ovinocultura e que limita consideravelmente o aproveitamento econômico destes animais são as parasitoses gastrointestinais. O objetivo deste trabalho foi fazer avaliações entre dois anti-helminticos no tratamento de parasitose em ovinos. Foram usados neste experimento 30 ovinos da Raça Santa Inês, de uma Fazenda na região de Uberlândia- MG. Estes animais foram divididos em 3 grupos, são eles: controle, tratados com Sulfoxido de Albendazole, tratados com Ivermectina. Foram coletadas fezes dos animais nos dias -2, 7, 14 e 21 pós tratamento, sendo este realizado no dia zero. Foi feita a contagem de ovos por grama de fezes no Laboratório de Parasitologia do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade Federal de Uberlândia. Os resultados obtidos foram os seguintes (em porcentagem de redução de ovos por grama de fezes no diferentes dias do tratamento): Ivermectina 87,9% (07), 90,9% (14), 93,0% (21); Sulfoxido de Albendazole 83,0% (07), 82,6% (14), 82,7% (21). A Ivermectina teve eficácia geral de 90,7% (efetivo), contra 82,3% (moderadamente efetivo) de eficácia geral do Sulfoxido de Albendazole. formula especifica foi usada para cálculo deste índice.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-02-12

Como Citar

F. C., B., D.D., C., A.V., M., & M.J.J., Q. (2008). EFEITOS DE MEDICAÇÕES ANTI-HELMÃ?NTICAS EM OVINOS DA REGIÃO DE UBERLÂNDIA - MG. Veterinária Notícias - Vet Not, 12(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18720

Edição

Seção

Artigos