INFLUÊNCIA DO SEXO E PESO CORPORAL SOBRE A CERATOMETRIA DE CÃES SEM RAÇA DEFINIDA

Autores

  • Gabriela Rodrigues Sampaio Departamento de Medicina Veterinária/UFLA - Lavras.MG
  • José Joaquim Titton Ranzani DCAV/FMVZ-UNESP - Botucatu-SP
  • João Leandro Vera Chiurciu DCAV/FMVZ-UNESP - Botucatu-SP

Palavras-chave:

cão, olho, ceratometria, lente intra-ocular.

Resumo

A catarata, especialmente na espécie canina é uma doença oftálmica importante. Seu tratamento é eminentemente cirúrgico, mas a perda da lente resulta em alta hipermetropia. A correção pode ser feita com a utilização de uma lente intra-ocular (LIO), porém, a ceratometria é essencial para a determinação do poder dióptrico de uma LIO. Este estudo teve por objetivo colher dados ceratométricos que pudessem fornecer subsídios para a produção de LIOs a serem aplicadas em cães facectomizados. Foram selecionados 120 cães de ambos os sexos, sadios ao exame clínico e sem evidência de doenças oculares ao exame oftálmico de rotina. O estudo ceratométrico estabeleceu o poder dióptrico da córnea, que foi utilizado em uma fórmula específica para a determinação do poder dióptrico necessário a uma LIO. A curvatura corneana foi correlacionada com o peso e com o sexo dos animais, bem como entre os olhos direito e esquerdo. Essa variável apresentou algumas diferenças quando comparada entre os olhos direito e esquerdo e entre machos e fêmeas, mas o principal parâmetro que influencia a ceratometria no cão é o peso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-17

Como Citar

Rodrigues Sampaio, G., Titton Ranzani, J. J., & Vera Chiurciu, J. L. (2007). INFLUÊNCIA DO SEXO E PESO CORPORAL SOBRE A CERATOMETRIA DE CÃES SEM RAÇA DEFINIDA. Veterinária Notícias, 12(1). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18668

Edição

Seção

Artigos