ORIGENS E RAMIFICAÇÕES DAS ARTÉRIAS MESENTÉRICAS CRANIAL E CAUDAL EM FETOS DE SUÃ?NOS DA LINHAGEM "REZENDEâ€?

Autores

  • Kenia Cristina Calábria Centro Universitário Moura Lacerda
  • Frederico Ozanam Carneiro e Silva Faculdade de Medicina Veterinária da UFU

Palavras-chave:

suínos, artérias mesentéricas, origens e ramificações.

Resumo

Estudaram-se as origens e ramificações das artérias mesentéricas cranial e caudal em 30 fetos de suínos da linhagem "Rezendeâ€?, 18 fêmeas e 12 machos, fixados em solução aquosa de formol a 10% e injetados com látex em solução (Neoprene "450â€?), corada com pigmento específico. Após dissecações, notouse que a artéria mesentérica cranial originou-se isoladamente da artéria aorta descendente abdominal, caudalmente à artéria celíaca em 100,00% dos casos, e emitiu: ramos adrenais esquerdos (76,67%), ramos adrenais direitos (46,67%), ramos pancreáticos (6,67%), artéria pancreático-duodenal caudal (100%), tronco das artérias cólicas direita e média (100,00%), artéria íleo-ceco-cólica (100,00%), artérias jejunais (100,00%), as artérias ileais (100,00%). A artéria mesentérica caudal, presente em 90,00% das observações, originou-se da face ventral da artéria aorta descendente abdominal e emitiu as artérias cólica esquerda (90,00%) e retal cranial (90,00%) e o ramo uretérico direito (3,33%). Observaram-se anastomoses entre as artérias jejunais; artérias cólicas direita e média; artérias cólica direita e ramo cólico; artérias cecal e ramo cólico e artérias cólicas média e esquerda em 100,00% dos casos; entre as artérias pancreático-duodenal caudal e primeira jejunal e as artérias cólica esquerda e retal cranial, respectivamente, em 43,33% e 3,33% das observações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-10

Como Citar

Calábria, K. C., & Ozanam Carneiro e Silva, F. (2007). ORIGENS E RAMIFICAÇÕES DAS ARTÉRIAS MESENTÉRICAS CRANIAL E CAUDAL EM FETOS DE SUÃ?NOS DA LINHAGEM "REZENDEâ€?. Veterinária Notícias - Vet Not, 11(1). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18634

Edição

Seção

Artigos