ARTÉÖ¹RIAS DOS LOBOS CERVICAIS DO TIMO EM FETOS DE SUÍNOS (Sus scrofa domesticus) DA LINHAGEM CAMBOROUGH 22

Autores

  • Eduardo Mauricio Mendes de Lima UnB - Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinaria
  • Frederico Ozanam Carneiro e Silva Universidade Federal de Uberlândia
  • Renato Souto Severino Universidade Federal de Uberlândia
  • Sérgio Salazar Drummond Universidade Federal de Uberlândia
  • Daise Nunes Queiroz Universidade Federal de Uberlândia
  • Tiago Lourenço da Silva Universidade Federal de Uberlândia
  • André Rodrigues da Cunha Barreto Vianna UnB - Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinaria

Palavras-chave:

Timo, Irrigação, Sus scrofa domesticus

Resumo

Foram estudadas as origens e distribuições das artérias destinadas aos lobos cervicais do timo em 30 fetos de suínos da linhagem Camborough 22, sendo 15 machos e 15 fêmeas, provenientes de núcleos criatórios do município de Uberlândia - MG. Os animais tiveram o sistema arterial preenchido com solução aquosa, a 50% de Neoprene Látex "'450", corada com pigmento específico e em seguida foram fixados com solução aquosa, a 10%, de formaldeído. Os lobos cervicais do timo receberam ramos direitos das artérias torácica interna direita (3,33%), cervical superficial direita (33,33%) e esquerda (26,67%), carótida comum direita (6,67%) e esquerda (13,33%), tireóidea cranial direita (6,67%), laríngea cranial direita (16,67%) e esquerda (13,33%), occipital esquerda (3,33%), carótida interna esquerda (3,33%), carótida externa direita (3,33%) e esquerda (3,33%), meníngea caudal direita (3,33%) e lingual esquerda (16,67%) e ramos indiretos das artérias cervical superficial direita (96,67%) e esquerda (93,33%), axilar direita (6,67%), carótida comum direita (23,33%) e esquerda (26,67%), laríngea cranial esquerda (3,33%), carótida externa direita (6,67%), lingual direita (16,67%) e esquerda (26,67%). Não foram verificadas diferenças estatisticamente significantes entre o número de ramos arteriais cedidos para os lobos cervicais do timo em cada antímero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Mauricio Mendes de Lima, UnB - Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinaria

Graduado em Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia, Mestre em Ciências Veterinárias no Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia, Doutor em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres na Universidade de São Paulo - São Paulo-SP. Atualmente é Professor Adjunto da faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Faculdade de Brasília. Tem experiência na área de Morfologia, com ênfase em Anatomia. Atuando principalmente nos temas: Anatomia Animal; Clínica e Cirurgia Animal.

Downloads

Publicado

2013-01-10

Como Citar

Mendes de Lima, E. M., Ozanam Carneiro e Silva, F., Souto Severino, R., Salazar Drummond, S., Nunes Queiroz, D., Lourenço da Silva, T., & Rodrigues da Cunha Barreto Vianna, A. (2013). ARTÉÖ¹RIAS DOS LOBOS CERVICAIS DO TIMO EM FETOS DE SUÍNOS (Sus scrofa domesticus) DA LINHAGEM CAMBOROUGH 22. Veterinária Notícias, 17(1). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18968