Assistência estudantil na UFVJM: uma política pública cada vez mais necessária

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v13n1a2024-68596

Palavras-chave:

Política de Assistência Estudantil, Perfil Socioeconômico de Estudantes, UFVJM

Resumo

Este artigo analisa um caso específico de Política de Assistência Estudantil, que é o da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Para isso, foram utilizados os dados da V Pesquisa do Perfil Socioeconômico dos Estudantes de Graduação das Universidades Federais, desenvolvida no ano de 2018, pelo Fórum Nacional de Pró-Reitores de Assuntos Estudantis (FONAPRACE). Dessa maneira, o objetivo deste trabalho é analisar os principais dados da UFVJM apresentados na pesquisa, utilizando abordagem qualitativa. Conclui-se que os indicadores da UFVJM mostraram a importância da ampliação de ações de permanência, uma vez que o atendimento pelo Programa de Assistência Estudantil não corresponde à demanda existente, indicando a necessidade de investimento e implementação das ações do Programa.

Palavras-chave: Assistência Estudantil. Perfil Discente. UFVJM.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Alber Carlos Alves Santos, Universidade Estadual de Montes Claros - Brasil

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Social da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Mestre em Ciências Humanas pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Minas Gerais, Brasil.

Laurindo Mékie Pereira, Universidade Estadual de Montes Claros - Brasil

Doutor em História pela Universidade de São Paulo (USP), Pós-Doutor em História pela Universidade Nova de Lisboa (Portugal). Professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Social (PPGDS) e do Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Minas Gerais, Brasil.

Isabela Pardinho Reis, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Brasil

Mestre em Educação pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Professora da Escola Estadual Mestra Virgínia Reis. Minas Gerais, Brasil.

Referências

ANDIFES. V Pesquisa do Perfil Socioeconômico dos Estudantes de Graduação das Universidades Federais. Disponível em: https://www.andifes.org.br/wp-content/uploads/2019/05/V-Pesquisa-Nacional-de-Perfil-Socioeconomico-e-Cultural-dos-as-Graduandos-as-das-IFES-2018.pdf. Acesso em: 27 de ago. 2019.

BRASIL. Decreto n.º 7.234, de 19 de julho de 2010. Dispõe sobre o Programa

Nacional de Assistência Estudantil – PNAES. (2010). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/decreto/d7234.htm. Acesso em: 14 de jan. 2023.

COSTA, S. G. A equidade na educação superior: uma análise das Políticas de Assistência Estudantil. Dissertação (Mestrado em Sociologia) — Programa de Pós-Graduação em Sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

CROSARA, D. M.; SILVA, L. B. Constituição Federal de 1988: os caminhos das políticas de democratização do acesso e permanência na educação superior como direito fundamental. Revista Educação e Políticas em Debate, v. 7, n. 2, p. 289 -312, mai./ago. 2018.

DUTRA, N. G. R.; SANTOS, M. F. S. Assistência estudantil sob múltiplos olhares: a disputa de concepções. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 25, n. 94, p. 148-181, jan./mar. 2017.

FONAPRACE. Revista Comemorativa 25 Anos: histórias, memórias e múltiplos olhares. Organizado pelo Fórum Nacional de Pró-reitores de Assuntos Comunitários e Estudantis, coordenação, ANDIFES. – UFU, PROEX: 2012.

IMPERATORI, T. K. A trajetória da assistência estudantil na educação superior brasileira. Serviço Social e Sociedade. São Paulo, n. 129, p. 285-303, mai./ago. 2017.

MATTA, A. H. A. Atendimento psicológico a estudantes universitários: perfil, queixas e fatores preditores de sintomas de depressão. 2020. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina, 2020.

NEVES, C. E. B.; MARTINS, C. B. Ensino superior no Brasil: uma visão abrangente. In: DWYER, Tom et al. (Org.). Jovens universitários em um mundo em transformação: uma pesquisa sino-brasileira. Brasília: Ipea; Pequim: SSAP, 2016.

SANABIO, M. et al. As políticas de assistência estudantil: experiências comparadas em universidades públicas brasileira. Revista Gual, Florianópolis, v. 6, n. 4, p. 125-146, 2013.

SAVIANI, D. A expansão do ensino superior no Brasil: mudanças e continuidades. Poíesis Pedagógica, v.8, n.2 ago./dez.2010, p. 4–17.

SILVA, L.; COSTA, N. C. D. Acesso e permanência em desproporção: as insuficiências do Programa Nacional de Assistência Estudantil. Revista Agenda Política, v. 6, n. 2, 2018, p. 166-192.

Downloads

Publicado

2023-12-31

Como Citar

SANTOS, A. C. A.; PEREIRA, L. M.; REIS, I. P. Assistência estudantil na UFVJM: uma política pública cada vez mais necessária. Revista Educação e Políticas em Debate, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 1–18, 2023. DOI: 10.14393/REPOD-v13n1a2024-68596. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/68596. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

DEMANDA CONTÍNUA