Ação Escola da Terra com fundamentos da Pedagogia Histórico-Crítica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v12n1a2023-67491

Palavras-chave:

Formação Professores, Escola da Terra, Pedagogia Histórico Crítica

Resumo

A problemática é a formação de professores através do PRONACAMPO – Programa Nacional de Educação do Campo - Ação Escola da Terra, desenvolvida na Universidade Federal da Bahia, através do Curso de Especialização em Pedagogia Histórico-Crítica. O problema diz respeito ao aporte legal do PRONACAMPO e seu desdobramento enquanto curso de formação continuada para professores. Apresentamos proposta crítica superadora de formação de professores de base marxista para as escolas do campo como objetivo. A metodologia foi baseada na análise documental e descrição densa da proposta crítico superadora implementada. Os resultados nos permitem afirmar que a universidade, exercendo a autonomia universitária, tem condições de imprimir na formação continuada de professores, fundamentos da teoria pedagógica histórico-crítica, contribuindo para a elevação teórica na formação de professores para as escolas do campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Elisete Santos, Universidade Federal da Bahia – Brasil

Mestrado em Educação.

Marize Souza Carvalho, Universidade Federal da Bahia – Brasil

Doutorado em Educação. Universidade Federal da Bahia, Salvador, Bahia, Brasil.

Celi Nelza Zulke Taffarel, Universidade Federal de Alagoas/Universidade Federal da Bahia - Brasil

Pós-Doutorado em Educação. Universidade Federal de Alagoas, Arapiraca, Sergipe, Alagoas, Brasil/Universidade Federal da Bahia, Salvador, Bahia, Brasil.

Referências

ANFOPE. Editorial XIX, Encontro Nacional da ANFOPE, Diretoria Eleita para Gestão 2018-2020, Plano de Lutas da ANFOPE, Posição da Diretoria da ANFOPE sobre as eleições, Implementação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores, Agenda 2018/Anfope em 2019.

ANFOPE. Boletim n.1 Ano – 2018. Disponível em: https://www.anfope.org.br/wp-content/uploads/2018/10/BOLETIM-ANFOPE-n1_2018.pdf. Acesso em: 04 mai. 2021.

ARROYO, M. Por um tratamento público da educação do campo. In MOLINA, Mônica C.: JESUS, Sonia Meire S. Azevedo. (Orgs.). Contribuições para a construção de um projeto de Educação do Campo, nº 5. Brasília, DF. Articulação Nacional Por uma Educação do Campo, 2004. Coleção Por uma Educação do Campo.

BRANDÃO, C. R. O que é educação. São Paulo: Brasiliense, 2007.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 1988.

BRASIL. MEC. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília: DOU, de 23 de/12/1996.

BRASIL. Plano Nacional de Educação (PNE). Lei Federal n.º 10.172, de 9/01/2001. Brasília: MEC, 2001.

BRASIL. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Ministério da Educação. Escola Ativa: projeto base. Brasília: SECAD/MEC, 2008.

BRASIL. Decreto 7.352 de 4 de novembro de 2010. Dispõe sobre a política de educação do campo e o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária – PRONERA. República Federativa do Brasil. Poder Executivo, Brasília, 2010.

BRASIL/MEC/SECADI. Manual da Escola da Terra. Ministério da Educação/Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão/Diretoria de Políticas de Educação do Campo, Indígena e para as Relações Étnico-raciais/Coordenação Geral de Políticas de Educação do Campo. Brasil: DF, 2014.

BRASIL. PNE - Plano Nacional de Educação 2014-2024: Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE) e dá outras providências. – Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2014.

BRASIL. Resolução CNE/CP n. 2, de 1 de julho de 2015. Brasília, 2015. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70431-res-cne-cp-002-03072015-pdf/file. Acesso em: 15 abr. 2020.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Resolução CNE/CP n. 02/2015, de 1º de julho de 2015. Brasília, Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, seção 1, n. 124, p. 8-12, 02 de julho de 2015.

BRASIL. Parecer da Resolução CNE/CP n. 2, de 1 de julho de 2015. Brasília, 2015.

BRASIL. Resolução CNE/CP n. 2, de 20 de dezembro de 2019. Brasília, 2019. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/dezembro-2019-pdf/135951-rcp002-19/file. Acesso em: 15 fev. 2021.

BRASÍLIA. Manifesto da Ação Escola da Terra em Defesa da Educação Pública: Coletivo da Ação Escola da Terra – PRONACAMPO- Brasília, 27 de outubro de 2016.

BRASÍLIA. Políticas de Formação e Valorização dos Profissionais da Educação: PNE, Sistema Nacional na CONAE/2014 e fóruns permanentes de apoio à formação docente. Documento Final do XVI Encontro Nacional da Anfope – Brasília, 25 a 27 de novembro de 2012.

D'AGOSTINI, A.; TAFFAREL, C. N. Z.; SANTOS JÚNIOR, C. L. Escola Ativa. In: CALDART, R; PEREIRA, I; ALENTEJANO, P; FRIGOTTO, G (Org.). Dicionário da Educação do Campo. São Paulo: Expressão Popular, 2012. P. 313-324.

DOURADO, L., D.; TUTTMAN, M. T.. Formação do magistério da Educação Básica nas universidades brasileiras: institucionalização e materialização da Resolução CNE CP Nº 2/2015, ANFOPE. Disponível em: http://costalima.ufrrj.br/index.php/FORMOV/issue/view/117. Acesso em: 20 out. 2022.

FREITAS; L. C. A reforma Empresarial da Educação: Nova direita, velhas ideias. São Paulo: Expressão Popular, 2018.

MARCON, T. Políticas de educação do campo: avanços e desafios. Práxis Educativa, v. 7, n. 1, p. 85-105, 29 jun. 2012. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=89423377006. Acesso em: 10 fev. 2022.

MESZAROS; I. Para Além do Capital. São Paulo, Boitempo, 2000.

MOLINA, M. C.; JESUS, S. M. S. Contribuições para a construção de um projeto de Educação do Campo. Brasília, DF: Articulação Nacional "Por Uma Educação do Campo, 2010.

MOLINA, M. C.; ANTUNES-ROCHA, M. I. Educação do campo: história, práticas e desafios no âmbito das políticas de formação de educadores – reflexões sobre O PRONERA e o PROCAMPO, Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v.22, n.2, p.220-253, jul./dez.2014.

MOLINA, M. C.: FERNANDES B., M., O Campo da Educação do Campo, In: MOLINA, Mônica C.: JESUS, S. M. S. (Orgs.). Contribuições para a construção de um projeto de Educação do Campo. nº 5. Brasília, DF. Articulação Nacional Por uma Educação do Campo, 2004. Coleção Por uma Educação do Campo.

MOLINA, M. C. A Constitucionalidade e a Justicibilidade do Direito à Educação dos Povos do Campo. In: FERNANDES, B. M.; SANTOS, C. A. dos (Org.). Por uma educação do Campo: campo – Políticas públicas – educação. Brasília: INCRA; MDA, 2008.

SANTOS, C. A. O PRONERA e as Políticas Públicas de Educação do Campo – Uma reflexão em perspectiva para subsidiar o futuro. IN: SANTOS, C. A; MOLINA, M. C.; JESUS, S. M. (Orgs.). Memória e História do PRONERA: Contribuições do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária para a Educação do Campo. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2011.

SAVIANI, D. Escola e democracia. 42ª. Ed. Revista. Campinas: Autores Associados, 2012.

SAVIANI, D. Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações. 10. ed. Campinas-SP: Autores Associados, 2013.

SAVIANI, D. Conferência crise estrutural, conjuntura nacional, coronavirus e educação – o desmonte da educação nacional, Revista Exitus, Santarém/PA, Vol. 10, p. 01-25, e020063, 2020.

TAFFAREL, C. N. Z.; SANTOS JÚNIOR, C. L. Pedagogia Histórico-Crítica e Formação de Docentes para a Escola do Campo, Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 41, n. 2, p. 429-452, abr./jun. 2016. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/2175-623653917. Acesso em: 15 mar. 2022.

TAFFAREL, C. N. Z., CARVALHO, M. S., A extinção da SECADI: um golpe fatal nas conquistas no campo da educação, Cadernos GPOSSHE On-line, Fortaleza, v. 2, n. 1, 2019.

TAFFAREL, C. N. Z. (2012). Marxismo e educação: Contribuição ao debate sobre a teoria educacional e a transição. Revista HISTEDBR On-Line, 11(41e), 257-270. Disponível em: https://doi.org/10.20396/rho.v11i41e.8639908. Acesso em: 20 out. 2022.

Downloads

Publicado

2022-12-02

Como Citar

SANTOS, E.; CARVALHO, M. S.; TAFFAREL, C. N. Z. Ação Escola da Terra com fundamentos da Pedagogia Histórico-Crítica. Revista Educação e Políticas em Debate, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 38–55, 2022. DOI: 10.14393/REPOD-v12n1a2023-67491. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/67491. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

DOSSIÊ - POLÍTICA PÚBLICA EM CONTEXTO PANDÊMICO EM ESCOLAS RURAIS: O PROGRAMA ESCOLA DA TERRA COMO AFIRMAÇÃO DO DIREITO À EDUCAÇÃO