O uso de vídeos como recurso pedagógico no ensino remoto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n3a2021-62282

Palavras-chave:

Tecnologias., Ensino remoto, Prática Pedagógica, Políticas educacionais, Pandemia da Covid-19

Resumo

A pandemia da COVID-19 ocasionou a substituição do ensino presencial pelo ensino remoto emergencial. Este artigo consiste num relato de experiência de uma professora do ensino fundamental durante a elaboração, acompanhamento e correção das atividades no município de Foz do Iguaçu (Paraná) em uma escola pública. Para tanto, realizou-se pesquisa bibliográfica que evidenciou a relação das tecnologias e o ensino remoto, apresentando como foram utilizados vídeos como recurso pedagógico num momento pandêmico que foi desafiador e enriquecedor para a prática pedagógica da professora. Conclui que as vivências do ensino remoto podem contribuir nas discussões de desenvolvimento de políticas educacionais voltadas para educação pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Thais Fernanda dos Santos dos Santos, Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Brasil

Mestranda em Ensino pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná e professora da Educação Básica, Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil.

Susimeire Vivien Rosotti de Andrade, Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Brasil

Doutora em Educação Matemática pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) e professora e Integrante do corpo docente do Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Ensino (PPGEn) da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil.

Referências

ASSIS, R. Mídia e educação. In: VIVARTA, Veet (coord.). Infância & Consumo: Estudos no campo da comunicação. Brasília, DF: ANDI; Instituto Alana, 2009, p. 119-132.

BRASIL. Parecer CNE/CP Nº: 5/2020. Reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da COVID-19. Brasília: Conselho Nacional de Educação, 2020c. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=145011-pcp005-20&category_slug=marco--2020-pdf&Itemid=30192 . Acesso em 04 mai. 2021.

BRASIL. Lei N.º 9.394 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: Casa Civil, 1996.

CUNHA, L. F. F; SILVA, A. S; SILVA, A. P. O ensino remoto no Brasil em tempos de pandemia: diálogos acerca da qualidade e do direito e acesso à educação. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 7, n. 3, p. 27-37, ago. 2020. ISSN 2359-2494. Disponível em: http://www.periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/924. Acesso em: 08 jun. 2021.

FOZ DO IGUAÇU (PR). Decreto municipal nº 27.963, de 15 de março de 2020. Dispõe sobre as medidas de controle e prevenção para enfrentamento da emergência em saúde pública de importância internacional decorrente do Novo Coronavírus (COVID-19). Diário Oficial do Município de Foz do Iguaçu. Foz do Iguaçu, ano 22, n° 3805, p. 2-3, 15 março 2020.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996, pp. 23-28.

MALANCHEN, J. Oportunismo do Capital e a precarização da Educação Pública via Ead: Análise a partir da Pedagogia Histórico-Crítica. Revista Pedagogia Cotidiano Ressignificado. V. 1, n. 4, 2020. Disponível em: https://rpcr.com.br/index.php/revista_rpcr/article/view/1. Acesso em: 20 set. 2021.

MORAES, D. R. S. O Programa Mídias na Educação E Na Formação De Professores/As: Limites E Possibilidades. 222p. Tese de Doutorado em Educação. Universidade Estadual de Maringá. Orientadora: Profa. Dra. Teresa Kazuko Teruya. Maringá, PR, 2013.

OLIVEIRA, S. S; SILVA, O. S. F; SILVA, M. J. O. Educar na incerteza e na urgência: implicações do ensino remoto ao fazer docente e a reinvenção da sala de aula. Interfaces científicas. Aracaju, v. 10, n. 1, p. 25-40, 2020. Disponível em: https://periodicos.set.edu.br/educacao/article/view/9239/4127. Acesso em: 03 mai. 2021. DOI: https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v10n1p25-40.

RONDINI, C. A; PEDRO, K. M; DUARTE, C. S. Pandemia da COVID-19 e o ensino remoto emergencial: mudanças na prática pedagógica. Interfaces científicas. Aracaju, v. 10, n. 1, p. 14-57, 2020. Disponível em: https://periodicos.set.edu.br/educacao/article/view/9085/4128. Acesso em: 03 mai. 2021. DOI: https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v10n1p41-57.

SAVIANI, D.; GALVÃO, A. C. Educação na pandemia: a falácia do “ensino” remoto. Revista Universidade e Sociedade. Brasília, n. 67, 2021. Disponível em: https://www.andes.org.br/img/midias/0e74d85d3ea4a065b283db72641d4ada_1609774477.pdf. Acesso em: 20 set. 2021.

Downloads

Publicado

2021-10-01

Como Citar

Santos, T. F. dos S. dos ., & Andrade, S. V. R. de . (2021). O uso de vídeos como recurso pedagógico no ensino remoto. Revista Educação E Políticas Em Debate, 10(3), 1201–1212. https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n3a2021-62282

Edição

Seção

DOSSIÊ: Direito à educação básica e superior em tempos de pandemia