Análise dos indicadores de eficiência, de eficácia e de efetividade na Universidade Federal de Pernambuco / Analysis of efficiency, efficacy and effectiveness indicators at the Federal University of Pernambuco

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v9n3a2020-57890

Palavras-chave:

Gestão pública, Avaliação da educação superior, Indicadores de desempenho

Resumo

O artigo tem como objetivo analisar a evolução da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) quanto à eficiência, à eficácia e à efetividade nos Indicadores de Desempenho do Tribunal de Contas da União nos anos de 2000 a 2017. A metodologia utilizada foi quantitativa com confecção de gráficos e com análise por meio da técnica de regressão linear. Verificou-se que a UFPE, apesar dos desafios econômicos, com a redução de recursos financeiros e um cenário instável, tem obtido um desempenho favorável em sua eficiência, eficácia e efetividade, através da análise desenvolvida pelos indicadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jamine Bruno de Oliveira, Universidade Federal de Pernambuco - Brasil

Mestranda do Programa de Pós-graduação Profissional em Políticas Públicas. Administradora da Universidade Federal de Pernambuco.

Alba de Oliveira Barbosa Lopes, Instituto Federal de Pernambuco - Brasil

Doutora, mestre e bacharel em Administração. Professora da área de Gestão do Instituto Federal de Pernambuco, campus Paulista.

Maria Cristina Falcão Raposo, Universidade Federal de Pernambuco - Brasil

Doutorado em Economia, mestrado e bacharelado em Estatística. Professora Associada da Universidade Federal de Pernambuco.

Referências

AMARAL, A.; MAGALHÃES, A. O Conceito de Stakeholder e o Novo Paradigma do Ensino Superior. Revista Portuguesa de Educação, 13 p. 7-28, 2000. Disponível em: https://sigarra.up.pt/fpceup/pt/pub_geral.pub_view?pi_pub_base_id=83066. Acesso em 20 abril 2018.

ANDIFES (Brasília) (ed.). Fórum Nacional de Pró-Reitores de Planejamento e Administração. 2020. Disponível em: http://www.forplad.andifes.org.br/?q=inicio. Acesso em: 03 jun. 2020

BRASIL. Ministério da Educação. Uma Nova Política para o Ensino Superior Brasileiro: subsídios para discussão. MEC. Brasília, 2014.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Modernização da Gestão. 2015. Disponível em: http://www.planejamento.gov.br/assuntos/gestao/modernizacao. Acesso em: 21 maio 2018.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Guia Referencial para Medição de Desempenho e Manual para Construção de Indicadores da Secretaria de Gestão do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – GRMDMCI/MPOG. 1, Brasília, 2009. Disponível em: http://www.gespublica.gov.br/content/guia-referencial-para-medi%C3%A7%C3%A3o-de-desempenho-e-manual-para-constru%C3%A7%C3%A3o-de-indicadores. Acesso em 21 maio 2018.

BRASIL. Tribunal de Contas da União – TCU. Secretaria de Educação Superior – SESu/MEC Secretaria Federal de Controle Interno – SFC. Orientações para o cálculo dos indicadores de gestão. 2004. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/indicadores.pdf. Acesso em: 25 ago. 2017.

BRASILEIRO, Marcone Câmara. O TCU a Caminho da Excelência em Gestão. Revista do TCU. n° 103. p. 42-49. Brasília, 2005. Disponível em: https://revista.tcu.gov.br/ojs/index.php/RTCU/article/view/559/622. Acesso em 21 maio 2018.

CASTRO, M. H. G. de. Palestra Inaugural. In: Seminário Internacional de Avaliação Educacional. Anais. Rio de Janeiro, p. 9-11, 1997. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/documents/186968/485564/Anais+do+Semin%C3%A1rio+Internacional+de+Avalia%C3%A7%C3%A3o+Educacional+%28Rio+de+Janeiro%2C+1+a+3-12-1997%29/a925e5d4-b224-4e2b-bd32-29698ab1e115?version=1.2 Acesso em 21 maio 2018.

CORBUCCI, Paulo Roberto. Evolução do Acesso de Jovens à Educação Superior no Brasil. Texto para Discussão, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA, Brasília, 2014. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/3021/1/TD_1950.pdf. Acesso em 21 maio 2018.

FEREIRA, Marlon Cruz; SANTOS, Waldir Jorge Ladeira dos; PESSANHA, José Francisco Moreira. Avaliação do Ensino Superior: Análise dos Indicadores Instituídos pelo TCU para as IFES. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da Uerj, Rio de Janeiro, v. 18, n. 01, p.104-124, 2013. Quadrimestral. Disponível em: http://www.atena.org.br/revista/ojs-2.2.3-08/index.php/UERJ/article/viewArticle/1409. Acesso em: 31 ago. 2017.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da Pesquisa Científica. Fortaleza: UEC, 2002. Apostila.

FREIRE, Fátima de Souza; CRISÓSTOMO, Vicente Lima; CASTRO, Juscelino Emanoel Gomes de. Análise do desempenho acadêmico e indicadores de gestão das IFES. Revista Produção Online, [s.l.], v. 7, n. 4, p.1-25, 5 jul. 2008. Associação Brasileira de Engenharia de Producao - ABEPRO. Acesso em: 31 ago. 2017. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v7i4.57.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo, atlas, 2007.

MINGOTI, S. A. Análise de dados através de métodos de estatística multivariada: uma abordagem aplicada. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

MURIEL, R., Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI: Análise do Processo de Implantação. Espírito Santo, Editora Hoper, 2006.

POLLITT, Christopher; BOUCKAERT, Geert. Avaliando reformas da gestão pública: uma perspectiva internacional. Revista do Serviço Público, Brasília53, v. 3, p. 7-31, 2002. Trimestral. Disponível em: http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1918. Acesso em: 03 jun. 2020.

SANTOS, Clézia de Souza; CASTANEDA, Marcos Vinícius N. G.; BARBOSA, Jenny Dantas. Indicadores de Desempenho das IFES da Região Nordeste: uma Análise comparativa. In: XI COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTÃO UNIVERSITÁRIA NA AMÉRICA DO SUL, 2011, Florianópolis. Indicadores de Desempenho das IFES da Região Nordeste. Florianópolis: Iglu, 2011. p. 01 - 17. Disponível em: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/25952. Acesso em 21 maio 2018.

SANTOS et al. Orçamento, Indicadores e Gestão de Desempenho das Universidades Federais Brasileiras. Administração Pública e Gestão Social, 9(4) out-dez, Teresina,2017. Disponível em: http://www.spell.org.br/documentos/ver/47039/orcamento--indicadores-e-gestao-de-desempenho-d---. Acesso em 21 maio 2018. https://doi.org/10.21118/apgs.v1i4.1295.

SANTOS, Maria Paula Gomes dos. O Estado e os Problemas contemporâneos. 3ª Edição, Revisada. Florianópolis, UFSC; CAPES: UAB, 2014. Disponível em: https://educapes.capes.gov.br/bitstream/capes/145394/1/PNAP%20-%20Modulo%20Basico%20-%20GP%20-%20O%20Estado%20e%20os%20Problemas%20Contemporaneos.pdf. Acesso em 21 maio 2018.

SILVA, Telma Maria Chaves Ferreira da Silva. O impacto da Nova gestão Pública nas Universidades: uma Reflexão sobre o Normativo Brasileiro. Anais. XVI Congresso USP – Controladoria e Contabilidade, São Paulo, 27 a 29 de julho de 2016. Disponível em: https://congressousp.fipecafi.org/anais/artigos162016/87.pdf. Acesso em 21 maio 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Pró-Reitoria de Planejamento, Orçamento e Finanças. 2018. Institucional. Disponível em: https://www.ufpe.br/proplan. Acesso em 15 de jul. 2018.

Downloads

Publicado

2020-10-24

Como Citar

Oliveira, J. B. de ., Lopes, A. de O. B. ., & Raposo, M. C. F. . (2020). Análise dos indicadores de eficiência, de eficácia e de efetividade na Universidade Federal de Pernambuco / Analysis of efficiency, efficacy and effectiveness indicators at the Federal University of Pernambuco. Revista Educação E Políticas Em Debate, 9(3), 803–821. https://doi.org/10.14393/REPOD-v9n3a2020-57890

Edição

Seção

Artigos de Demanda Contínua