Precarização do trabalho docente e gestão democrática da escola: antinomias que se entrecruzam no cotidiano escolar / Precarization of teaching work and democratic management of the school: elements that cross each other in school's quotidian

Autores

  • Lélis Unimontes
  • Vilma Aparecida de Souza UFU

Resumo

Resumo:As mudanças societais decorrentes da ampla reestruturação produtiva do capital e da reconfiguração do Estado, na atualidade, têm provocado mudanças significativas nas formas de se pensar e organizar a educação. Dentre as consequências produzidas por este movimento destacam-se a precarização do trabalho docente e as formas de gestão da escola, elementos que se entrecruzam no emaranhado das relações que se estabelecem no cotidiano escolar. Neste contexto, a gestão tem assumido uma tendência democrática neoliberal com incidência direta sobre o trabalho docente, colaborando na constituição de meios e mecanismos que agudizam sua precarização. Por outro lado, outras formas implementadas de precarizaçãocolaboram para oafastamento ou ações parciais dos professores nos fóruns de democratização da escola. Constituem, assim, elementosautodeterminantes que interferem, no Brasil, no fazer e pensar a educação escolar e a ressignificam.

Palavras-chave: Reestruturação produtiva; Precarização do trabalho docente;Gestão democrática.

Abstract: The changes in society due to the wide productive restructuring of the capital and the reconfiguration of the State, at the present time, have been provoking significant changes in the forms of thinking and organizing education. Among the consequences produced by this movement, the decay of the educational work and the forms of school administration stand out - elements that intersect in the tangle of the relationships that establish themselves in the scholastic quotidian. In this context, the administration has been assuming a neoliberal, democratic tendency with direct incidence on the educational work, collaborating to the constitution of means and mechanisms that intensify its decay. On the other hand, other implemented forms of decay collaborate to the removal or partial actions of teachers in the forums of school democratization. This way, they constitute self-determinative elements that interfere, in Brazil, in the making and thinking of school education and that add new meanings to it.

Keywords:Productive restructuring;Educational work decay;Democratic administration.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de filosofia. 5.ed. amp. São Paulo: Martins

Fontes, 2007.

ADORNO, Theodor W.; HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento –

fragmentos filosóficos. Trad. Guido Antonio de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge

Zahar, 1985.

ALVES, Mírian F.; ALVES, Edson F. Gestão democrática na escola básica:

políticas e forma de participação. Revista Retratos da Escola, Brasilia, v.4, n.7,

p.173-406, jul./dez., 2010.

ANTUNES, Ricardo. Adeus ao trabalho? Ensaio sobre as metamorfoses e a

centralidade do mundo do trabalho. 10.ed. São Paulo: Cortez. Campinas:

Editora da Unicamp, 2005.

______. (Org.). A dialética do trabalho – Escritos de Marx e Engels. São Paulo:

Expressão Popular, 2009.

BOTTOMORE, Tom. Dicionário do pensamento marxista. Rio de Janeiro: Jorge

Zahar, 2001.

BÓRON, Atílio Os “novos Leviatãs” e a pólis democrática: neoliberalismo,

decomposição estatal e decadência da democracia na América Latina. In:

SADER, Emir; GENTILI, Pablo (Orgs). Pós-neoliberalismo: que Estado para que

democracia? Petrópolis: Vozes, 1999. Cap. 1, p. 7- 67.

DUARTE, Adriana. Políticas educacionais e o trabalho docente na atualidade:

tendências e contradições. In: OLIVEIRA, Dalila Andrade; DUARTE, Adriana.

Políticas públicas e educação: regulação e conhecimento. Belo Horizonte: Fino

Traço, 2011. Cap. 8, p. 161-182.

ENGELS, Friedrich. Prefácio à edição alemã de 1890. In: MARX, Karl; ENGELS,

Friedrich. Manifesto do Partido Comunista – 1848. Trad. Suely T. Barros. Porto

Alegre: L&PM, 2001.

______. Sobre o papel do trabalho na transformação do macaco em homem.

In: ANTUNES, Ricardo (Org.). A dialética do trabalho – Escritos de Marx e

Engels. São Paulo: Expressão Popular, 2009. Cap. 1, p. 11-28.

ENGUITA, M. F. A ambigüidade da docência: entre o profissionalismo e a

proletarização. Teoria e Educação, Porto Alegre, n.4, p.41-61, 1991.

FIDALGO, Fernando; OLIVEIRA, Mª Auxiliadora; FIDALGO, Nara L. Rocha

(Orgs.). A intensificação do trabalho docente – tecnologias e produtividade.

Campinas: Papirus, 2009.

GARCIA, Maria Manuela Alves; ANADON, Simone Barreto. Reforma

educacional, intensificação e autointensificação do trabalho docente. Educação e

Sociedade, Campinas, v. 30, n. 106, p. 63-85, jan/abr. 2009.

LELIS, Úrsula Adelaide de. Políticas e Práticas do “terceiro setor” na educação, no

processo de reconfiguração do Estado. 2006. 333 p. Dissertação (Mestrado em

Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Uberlândia,

Uberlândia, 2006.

MARX, Karl. O capital – crítica da economia política. Processo de trabalho e

processo de valorização. v.1, livro 1. São Paulo: Abril, 1983. In: ANTUNES,

Ricardo (Org.). A dialética do trabalho – Escritos de Marx e Engels. São Paulo:

Expressão Popular, 2009. Cap. 2, p. 29-56.

______. O capital. Trabalho produtivo e trabalho improdutivo. Livro 1, cap. VI

(inédito) São Paulo: Livraria E. Ciências Humanas Ltda, 1978. In: ANTUNES,

Ricardo (Org.). A dialética do trabalho – Escritos de Marx e Engels. São Paulo:

Expressão Popular, 2009. Cap. 5, p. 125-140.

KRAWCZYK, Nora. O PDE: novo modo de regulação estatal? Cadernos de

Pesquisa. São Paulo, v. 38, n. 135, Dez. 2008.

OLIVEIRA, Dalila Andrade; AUGUSTO, Maria Helena G. Gestão escolar e

trabalho docente nas redes públicas de ensino em Minas Gerais. In:

MONFREDINI, Ivanise (Org). Políticas educacionais, trabalho e profissão docente.

São Paulo: Xamã, 2008. Cap. 3, p. 83-100.

OLIVEIRA, Dalila A. Profissão docente e gestão democrática da educação. Disponível

em: < www.sinprominas.org.br>. Acesso em 10 Jul. 2011.

______. Reestruturação do trabalho docente: precarização e flexibilização.

Educação e Sociedade, Campinas, v. 25, n. 89, 2004.

______. Mudanças na organização e na gestão do trabalho na escola. In:

OLIVEIRA, D. A.; ROSAR, M. F. F. (Orgs.). Política e Gestão da Educação. Belo

Horizonte: Autêntica, 2002. Cap. 8, p. 125-144.

OLIVEIRA, Mª Auxiliadora M. Escola ou Empresa. Petrópolis: Vozes, 1998.

PINO, Mauro A. B. Del; VIEIRA, Jarbas S.; HYPÓLITO, Álvaro M. Trabalho

Docente, controle e intensificação: câmeras, novo gerencialismo e práticas de

governo. In: FIDALGO, Fernando; OLIVEIRA, Mª Auxiliadora; FIDALGO,

Nara L. Rocha (Orgs.). A intensificação do trabalho docente – tecnologias e

produtividade. Campinas: Papirus, 2009. Cap.4, p. 113-135.

SADER, Emir. Estado e democracia: os dilemas do socialismo na virada de

século. In: SADER, Emir; GENTILI, Pablo (Orgs). Pós-neoliberalismo: que Estado

para que Democracia? Petrópolis: Vozes, 1999. Cap. 6, p. 120-130.

SANTOS, Fabiano A.; SHIROMA, E. O. Responsabilização e orientação para os

resultados: prioridades do PDE Escola. I Simpósio Nacional de Educação e XX

Semana de Pedagogia. O PDE e o atual contexto sócio-educacional. Cascavel:

UNIOESTE, 2008.

SOUZA, Silvana A. de. Políticas públicas educacionais do Paraná e a gestão

compartilhada (1995-2002). In: LIMA, Antônio Bosco de (Org.). Estado, políticas

educacionais e gestão compartilhada. São Paulo: Xamã, 2004. Cap.3, p. 61-74.

SOUZA, Vilma Aparecida de. Marxismo, educação e Estado: as políticas

educacionais da América Latina no contexto das mutações do papel do Estado

nos anos 1990/2000. V Encontro Brasileiro de Educação e Marxismo: Marxismo,

Educação e Emancipação Humana. UFSC, Florianópolis, 2011.

Downloads

Publicado

2013-03-06

Como Citar

Lélis, ., & Souza, V. A. de. (2013). Precarização do trabalho docente e gestão democrática da escola: antinomias que se entrecruzam no cotidiano escolar / Precarization of teaching work and democratic management of the school: elements that cross each other in school’s quotidian. Revista Educação E Políticas Em Debate, 1(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/21900

Edição

Seção

Dossiê