Trabalho docente na américa latina: desafios ao campo da pesquisa e às políticas educacionais / Teaching in latin america: research and educational policies challenges

Autores

  • Entrevista com Dalila Andrade de Oliveira Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Educação
  • Álvaro Moreira Hypolito Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Educação

Resumo

A entrevista trata de temas referentes a trabalho docente e pesquisa, assim como das formas de organização de pesquisadores na America Latina. Discute também as políticas de avaliação nos anos 90 e seus impactos sobre o trabalho docente, em termos de sofrimento, intensificação e precarização do trabalho. Nesse aspecto é trazida a contribuição da pesquisa nacional sobre trabalho docente realizada pelo GESTRADO. Aborda, ainda, aspectos da políticanacional, tais como a Conferência Nacional de Educação e o Plano Nacional de Educação. Por fim, discute o tema da regulação e novas perspectivas para a educação e o trabalho docente.

Palavras-chaves: Trabalho docente; políticas Educacionais; América Latina

ABSTRACT:This interview discusses issues related to teachers' work and research, as well as how researchers in this field are organizing a network in Latin America. The 90's policies in education, mainly those related to accountability, high-stake tests and evalutation are discussed, considering their impacts on teachers' work, in terms of suffering, emotional stress, intensification and precarization. In this sense, is bring forward the findings of the GESTRADO's national survey on teachers' work. The interview also addresses aspects of brazilian educational policies, such as the National Education Conference and the National Education Plan. Ultimately, the interviewee introduces the issue of regulation and discusses a lillte bit more about new perspectives in education and teachers' work.

Keywords: Teacher work; Educational policies; Latin America

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

APPLE, M.W. Relações de classe e de gênero e modificações no processo de

trabalho docente. Cadernos de Pesquisa. São Paulo, (60):3-14, fev. 1987.

______. Educação e Poder. Porto Alegre, Artes Médicas, 1989a.

______.Ensino e trabalho feminino: uma análise comparativa da história e

ideologia. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n.64, p.14-23, fev. 1988a.

______. Maestros y Textos; una economía política de las relaciones de clase y de sexo en

educaión. Barcelona, Ediciones Paidós/MEC, 1989b.

______. Work, class and teaching. In: OZGA, Jenny (ed.). Schoolwork: approaches to

the labour process of teaching. Open University Press, 1988b.

ARROYO, Miguel G. Mestre, educador, trabalhador: organização do trabalho e

profissionalização. Belo Horizonte, FaE/UFMG, 1985a. (Tese de Titular).

______. Operários e educadores se identificam: que rumos tomará a educação

brasileira? Educação e Sociedade, São Paulo, n.5, p.5-23, Cortez/CEDES, jan.

______. Quem de-forma o profissional do ensino? Revista de Educação AEC,

Brasília, ano 14, n.58, p.7-15, Out./Dez. 1985b.

BALL, Stephen. Reformar escolas/reformar professores e os terrores da

Revista Educação e Políticas em Debate – v. 2, n. 2 – jul./dez. 2012

performatividade. Revista Portuguesa de Educação, v.15, n.2, p.3-23, 2002.

CODO, Wanderley (Coord.). Educação: carinho e trabalho. 3. ed. Petrópolis: Vozes;

Brasília: Ed. da UnB, 1999.

ESTEVES, J. M. O mal-estar docente: a sala de aula e a saúde dos professores.

Bauru: EDUSC, 1999.

GATTI, Bernardete e BARRETO Elba S. de Sá. Professores do Brasil: impasses e

desafios. Brasília: UNESCO, 2009.

GATTI, Bernardete, BARRETO Elba S. de Sá e ANDRÉ, Marli E. D. de A. Políticas

docentes no Brasil: um estado da arte. Brasília: UNESCO, 2011.

GIROUX, Henry. Teoria crítica e resistência em educação; para além das teorias da

reprodução. Petrópolis : Vozes, 1986a.

______. Pedagogia crítica e o intelectual transformativo. In: FELDENS, Maria das

Graças F. e FRANCO, Maria Estela Dal Pai (orgs.). Ensino e realidades: análise e

reflexão. Porto Alegre, UFRGS, Ed. da Universidade, 1986b.

HYPOLITO, Álvaro M. Trabalho Docente, Classe Social e relações de Gênero.

Campinas : Ed. Papirus, 1997.

______. Políticas curriculares, Estado e regulação. Educação & Sociedade

(Impresso), v. 31, p. 1337-1354, 2010.

______. Reorganização Gerencialista da Escola e Trabalho Docente. Educação (Rio

Claro. Online), v. 21, p. 1-18, 2011.

______. Trabalho Docente na Educação Básica no Brasil: as condições de trabalho.

In: OLIVEIRA, Dalila A.; VIEIRA, Lívia F. (Org.). Trabalho na Educação Básica: a

condição docente em sete estados brasileiros. 1a.ed. Belo Horizonte: Fino Traço,

, v. 23, p. 211-229.

OLIVEIRA, Dalila A. e VIEIRA, Lívia M. F. Trabalho Docente na Educação Básica no

Brasil – Sinopse do survey nacional. Belo Horizonte, GESTRADO/FAE/UFMG,

[Relatório de Pesquisa]

Revista Educação e Políticas em Debate – v. 2, n. 2 – jul./dez. 2012

OLIVEIRA, D.A.; DUARTE, A.M.C.; VIEIRA, L.M.F. DICIONÁRIO: trabalho,

profissão e condição docente. Belo Horizonte : UFMG/ Faculdade de Educação,

CDROM.

OLIVEIRA, Dalila A.; VIEIRA, Lívia F. (Org.). Trabalho na Educação Básica: a

condição docente em sete estados brasileiros. 1a.ed. Belo Horizonte: Fino

Traço, 2012.

PAULA, Ana Paula Paes de. Administração Pública Brasileira: entre o

Gerencialismo e a Gestão Social. RAE – Revista de Administração de Empresas.

N.41, v.1, p.36-49, Jan./Mar., 2005.

ROBERTSON, S. Teachers’ work, restructuring and postfordism: constructing the

new ‘professionalism’. In: HARGREAVES, A.; GOODSON, I. Teachers’

professional lives. London/Washington DC: Falmer Press, 1996.

RAVITCH, Diane. Vida e Morte do grande sistema escolar americano: como os testes

padronizados e o modelo de mercado ameaçam a educação. Porto Alegre :

Sulina, 2011.

SECCHI, Leonardo. Modelos organizacionais e reformas da administração

pública. RAP - Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro 43(2): 347-69,

MAR./ABR. 2009.

TRENTI FANFANI, E. La condición docente: análisis comparado de la Argentina,

Brasil, Peru y Uruguay. Buenos Aires : Siglo XXI, 2005.

Downloads

Publicado

2013-03-06

Como Citar

Oliveira, E. com D. A. de, & Hypolito, Álvaro M. (2013). Trabalho docente na américa latina: desafios ao campo da pesquisa e às políticas educacionais / Teaching in latin america: research and educational policies challenges. Revista Educação E Políticas Em Debate, 1(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/21897

Edição

Seção

Dossiê