MAPEAMENTO DOS DOMÍNIOS GEOMORFOLÓGICOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CACERIBU - RJ

Conteúdo do artigo principal

Rafael Cardão Augusto
Vinicius da Silva Seabra

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo a aplicação de uma adaptação da metodologia do IPT (1981) para o mapeamento das unidades geomorfológicas da Bacia Hidrográï¬ca do rio Caceribu, no estado do Rio de Janeiro, através de uma metodologia que envolve a obtenção de variáveis morfométricas do terreno, como declividade e amplitude do relevo. As variáveis foram obtidas a partir do processamento do Modelo Digital de Elevação (MDE) SOCET SET/ATE, fornecido pelo IBGE. Os resultados da pesquisa identiï¬caram a predominância de unidades de relevo montanhoso e de planícies na bacia, com relevante presença de morros, morrotes e colinas, retratando a diversidade do relevo na bacia. O mapa foi editado utilizando um raster contendo o sombreamento do MDE original, e os resultados foram veriï¬cados em trabalhos de campo, em projeção de perï¬s topográficos, e através do cálculo das altitudes médias e máximas de cada classe de relevo, que se apresentaram compatíveis com a realidade da área de estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
AUGUSTO, R. C.; SEABRA, V. da S. MAPEAMENTO DOS DOMÍNIOS GEOMORFOLÓGICOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CACERIBU - RJ. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 69, n. 2, 2017. DOI: 10.14393/rbcv69n2-44020. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44020. Acesso em: 9 dez. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Rafael Cardão Augusto, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Programa de Pós-Graduação em Geografia da UERJ - Mestrado

Vinicius da Silva Seabra, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Professor Adjunto do Departamento de Geografia da UERJ