Projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) com famílias agricultoras do Assentamento Nascimento, Pernambuco

um relato de experiência

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REP-2023-66322

Palavras-chave:

Agricultura familiar, Crédito fundiário, Metodologias participativas, Desenvolvimento rural

Resumo

O objetivo deste relato é apresentar o resultado das atividades de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) realizadas pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) no Assentamento Nascimento entre os anos de 2012 e 2015, localizado no município Belém do São Francisco-PE e composto por 12 famílias agricultoras que, em sua integralidade, compõem a Associação dos Agricultores Familiares Nascimento. Em 2011, esses trabalhadores e trabalhadoras rurais aderiram ao Programa Nacional do Crédito Fundiário e conquistaram o direito de adquirir sua primeira terra própria. As atividades de ATER foram desenvolvidas por uma equipe técnica multidisciplinar do IPA formada por extensionistas rurais, técnicos agrícolas, engenheiros agrônomos, veterinários, assistente social e engenheiros civis. Na oportunidade, foi realizado o Diagnóstico Rural Participativo junto às famílias assentadas, possibilitando identificar os interesses, aptidões e prioridades da comunidade. Foram elaborados projetos e investimentos socioprodutivos, como a estruturação de um centro social, o investimento na cultura da cebola irrigada, o plantio de maracujá e banana comprida, a implementação de ovinocultura e a construção de casas em alvenaria com instalação hidráulica e elétrica. Os assentados apresentaram elevado nível de satisfação com os resultados alcançados, bem como demonstraram interesse em ampliar a área comunitária de plantios e criação de animais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucineide Salvador da Costa Cruz, Instituto Agronômico de Pernambuco

Especialista em Tecnologias Agrícolas de Baixo Carbono pela Universidade Federal do Vale do São Francisco, Pernambuco, Brasil; extensionista rural do Instituto Agronômico de Pernambuco, Brasil.

Helder Ribeiro Freitas , Universidade Federal do Vale do São Francisco

Doutor em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil; estágio pós-doutoral na mesma instituição; professor associado II da Universidade Federal do Vale do São Francisco, Pernambuco,  Brasil.

Michelle Christini Araújo Vieira, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Doutora em Saúde Pública pela Universidade Federal da Bahia, Brasil; professora da Universidade Federal do Vale do São Francisco, Pernambuco, Brasil. 

Referências

BRASIL. Lei Complementar nº 93, de 4 de fevereiro de 1998. Institui o Fundo de Terras e da Reforma Agrária - Banco da Terra - e dá outras providências. Casa Civil: Subchefia para Assuntos Jurídicos, Brasília - DF, 1998. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp/lcp93.htm. Acesso em: 22 set. 2022.

BRASIL. Decreto nº 3.027, de 13 de abril de 1999. Regulamenta a Lei Complementar no 93, de 4 de fevereiro de 1998, que criou o Fundo de Terras e da Reforma Agrária - Banco da Terra, e dá outras providências. Casa Civil: Subchefia para Assuntos Jurídicos, Brasília - DF, 1999. Disponível em: www.planalto.gov.br/ccivil_03//decreto/D3027impressao.htm. Acesso em: 22 set. 2022.

BRASIL. Decreto nº 4.892, de 25 de novembro de 2003. Regulamenta a Lei Complementar nº 93, de 4 de fevereiro de 1998, que criou o Fundo de Terras e da Reforma Agrária, e dá outras providências. Casa Civil: Subchefia para Assuntos Jurídicos, Brasília - DF, 2003. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2003/D4892.htm. Acesso em: 22 set. 2022.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Terra Brasil: Programa Nacional de Crédito Fundiário. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Brasília - DF, 6 de setembro de 2019. Disponível em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/agricultura-familiar/credito. Acesso em: 22 set. 2022.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Agrário. Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural. Brasília: MDA/SAF, 2008. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/participacao/images/pdfs/conferencias/2CNDRSS/2cndrss%20poltica_nacional.pdf. Acesso em: 28 set. 2022.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Agrário. Secretaria da Agricultura Familiar. Programa Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural: PRONATER 2005. Brasília - DF: Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural, 2005. Disponível em: https://www.cpac.embrapa.br/publico/usuarios/uploads/nap/orientacoes/09_mda_programa_nacional_de_assistencia_tecnica_e_extensao_rural.pdf. Acesso em: 22 set. 2022.

CARVALHO, H. M. Política compensatória de assentamentos rurais como negação da reforma agrária. NERA, Presidente Prudente, n. 5, p. 113-122, 2012. DOI 10.47946/rnera.v0i5.1475. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/nera/article/view/1475. Acesso em: 25 jan. 2023.

CASTRO, J. A. Geografia da fome: o dilema brasileiro: pão ou aço. 9. ed. São Paulo: Civilização Brasileira, 1965.

CONTAG. Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário. CONTAG e PNCF: uma experiência que vem transformando vidas no meio rural. Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2016. Disponível em: http://www.contag.org.br/imagens/ctg_file_1457334423_22022017100439.pdf. Acesso em: 26 jan. 2023.

FETAPE. Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco. Fetape: história e luta. Recife. Disponível em: https://www.fetape.org.br/institucional.php. Acesso em: 3 jul. 2022.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? 7. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

IBGE. Belém do São Francisco: panorama. Rio de Janeiro: IBGE, 2017. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pe/belem-do-sao-francisco/panorama. Acesso em: 23 set. 2022.

IBGE. Mirandiba: panorama. Rio de Janeiro: IBGE, 2017. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pe/mirandiba/panorama. Acesso em: 23 set. 2022.

IBGE. Belém do São Francisco: panorama. Rio de Janeiro: IBGE, 2017. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pe/belem-do-sao-francisco/panorama. Acesso em: 23 set. 2022.

IBGE. Desigualdades sociais por cor ou raça no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 2019. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/25844-desigualdades-sociais-por-cor-ou-raca.html?=&t=resultados. Acesso em: 26 jan. 2023.

JAHNEL, T. C. As leis de terra no Brasil. Boletim paulista de geografia, São Paulo, n. 65, p. 105-116, 2017. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/boletim-paulista/article/view/968. Acesso em: 26 jan. 2023.

JESUS, C. M. Quarto de despejo: diário de uma favelada. 10. ed. São Paulo: Ática, 2014.

LEITE, A. Z. Análise da concentração fundiária no Brasil: desafios e limites do uso do índice de Gini. NERA, Presidente Prudente, n. 43, p. 10-28, 2018. DOI 10.47946/rnera.v0i43.5559. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/nera/article/view/5559. Acesso em: 26 jan. 2023.

LOPES, E. B. Manual de metodologia. Curitiba: Emater, 2016. Disponível em: https://www.bibliotecaagptea.org.br/administracao/extensao/livros/MANUAL%20DE%20METODOLOGIA%20EMATER.pdf. Acesso em: 29 jul. 2022.

MARINHO, C. M.; FREITAS, H. R. Utilização de metodologias participativas nos processos de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER): fundamentos teórico-práticos. Extramuros, Petrolina, v. 3, n. 2, 2015. Disponível em: https://www.periodicos.univasf.edu.br/index.php/extramuros/article/view/764. Acesso em: 26 jan. 2023.

MENDES, J. S. R. Desígnios da Lei de Terras: imigração, escravismo e propriedade fundiária no Brasil Império. Caderno CRH, Salvador, v. 22, n. 55, p. 173-184, 2009. DOI: 10.1590/S0103-49792009000100011. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ccrh/a/fvpY6tWSVqx5FcHNL4Dcxft/abstract/?lang=pt. Acesso em: 26 jan. 2023.

PAIVA, M. A. G.; BARRETO, B. F. Contribuições do Programa Nacional de Crédito Fundiário para as comunidades rurais em Portalegre/RN. Cadernos de Economia, Chapecó, v. 23, n. 39, p. 26-43, 2019. DOI 10.46699/rce.v23i39.5285. Disponível em: https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/rce/article/view/5285. Acesso em: 26 jan. 2023.

PEREIRA, J. M. M.; SAUER, S. A “reforma agrária assistida pelo mercado” do Banco Mundial no Brasil: dimensões políticas, implantação e resultados. Sociedade e Estado, Brasília, v. 26, n. 3, 2011. DOI 10.1590/S0102-69922011000300009. Disponível em: https://www.scielo.br/j/se/a/PfVM84Kwz7Qb6PFyMvtCzvr/?lang=pt. Acesso em: 26 jan. 2023.

SANTOS, V. B. O selo “Terra Negra Brasil” do Programa Nacional de Crédito Fundiário: do sonho da terra à realidade da dívida. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) –Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, 2013. Disponível em: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/xmlui/handle/riufcg/1796?show=full. Acesso em: 26 jan. 2023.

TORRES-REGO, T. Extensão rural: perspectivas de Paulo Freire. Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 30, n. 1, p. 85-99, 2022. DOI 10.17058/rea.v30i1.16041. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/article/view/16041. Acesso em: 26 jan. 2023.

VERDEJO, M. E. Diagnóstico Rural Participativo: guia prático. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2006. Disponível em: http://www.sicmc.iciag.ufu.br/sites/sicmc.iciag.ufu.br/files/anexos/GuiaDRP.pdf. Acesso em: 26 jan. 2023.

Downloads

Publicado

28-04-2023

Como Citar

CRUZ, L. S. da C.; FREITAS , H. R.; VIEIRA, M. C. A. Projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) com famílias agricultoras do Assentamento Nascimento, Pernambuco: um relato de experiência. Revista de Educação Popular, Uberlândia, v. 22, n. 1, p. 349–367, 2023. DOI: 10.14393/REP-2023-66322. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/66322. Acesso em: 20 jul. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)