Expansão do capital e sujeição da renda camponesa na produção de cana e cachaça no povoado de Santa Luzia-Caetité-BA

Autores

  • Fabiana Gomes Soares Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Suzane Tosta Souza Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia https://orcid.org/0000-0001-8658-0189

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT185270433

Palavras-chave:

camponês, capital, sujeição da renda, reprodução social, transformações na produção

Resumo

O presente artigo visa analisar as transformações ocorridas no cultivo da cana, desde o processo da produção à comercialização da cachaça no povoado de Santa Luzia-Caetité-BA, em decorrência das exigências do mercado, e no que essas implicam na reprodução da vida dos sujeitos/famílias que vivem do trabalho na terra. A pesquisa consiste, por meio de uma problemática concreta, na busca de um aparato teórico que dê suporte ao tratamento da questão agrária brasileira, bem como de fontes documentais em instituições públicas, e no que essas se confrontam com a lógica de vida das famílias pesquisadas. Por fim, à luz do aparato teórico que evidencia a realidade como parte das contradições sociais e históricas, realizou-se pesquisa de campo nas unidades de produção, por meio de entrevistas com os produtores diretos. As diversas atividades realizadas não perderam de vista a relação teoria e prática, em que, dialeticamente, uma se recria na outra. Verificou-se que as formas de intervenção do capital no campo, via sujeição da renda da terra, vêm representando dificuldades concretas no processo de reprodução das famílias camponesas. Ainda assim, estas permanecem na terra e lutam para melhorar a produção e suas condições de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suzane Tosta Souza, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Professora Titular do Departamento de Geografia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Doutora em Geografia Humana pela Universidade Federal de Sergipe. Coordenadora do Grupo Trabalho, Mobilidade do Trabalho e Relação Campo-Cidade/UESB/CNPq; Pesquisadora do Grupo Estado Capital Trabalho e as Políticas de Reordenamentos Territoriais UFS/CNPq e do Grupo Ideologia e Luta de Classes UESB/CNPq. Professora da área de Fundamentos Epistemológicos e Metodológicos da Geografia atua nos cursos de Graduação e Pós-Graduação (Lato Senso e Stricto Sensu) da UESB.

Downloads

Publicado

07-02-2024

Como Citar

SOARES, F. G.; SOUZA, S. T. Expansão do capital e sujeição da renda camponesa na produção de cana e cachaça no povoado de Santa Luzia-Caetité-BA. Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 18, n. 52, p. 198–217, 2024. DOI: 10.14393/RCT185270433. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/70433. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)