Agricultura familiar camponesa

formas de existência em Mojuí dos Campos- PA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT174419

Resumo

Agricultores familiares camponeses buscam solucionar seus problemas produtivos e reprodutivos por meio da produção rural extrativa, agrícola e não agrícola. Objetiva-se analisar o processo de tomada de decisão da família camponesa em buscar ou não o trabalho não agrícola. Para isso, por meio de uma abordagem interdisciplinar, lançou-se mão de métodos qualitativos e quantitativos para a análise do fenômeno da pluriatividade na comunidade de Terra de Areia, município de Mojuí dos Campos, na região do Baixo Amazonas paraense. Á luz da teoria do investimento camponês identificou-se um padrão entre as famílias camponesas que acionam atividades não agrícolas. Estas possuem restrição de terra, trabalho ou ambos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anderson Coelho Borges, Universidade Federal do Pará

Doutorando em Desenvolvimento Socioambiental pelo Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido- (PPGDSTU) pela Universidade Federal do Pará (UFPA).

Mestre em Planejamento do Desenvolvimento pelo rograma de Pós Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido- (PPGDSTU) pela Universidade Federal do Pará (UFPA).

Graduado em Geografia pela Universidade da Amazônia (UNAMA).

 

Ricardo Theóphilo Folhes, Universidade Federal do Pará

– Doutor em Geografia pelo Instituto de Altos Estudos da América
Latina, Universidade Paris 3 Sorbonne Nouvelle em cotutela com o programa de Pós-Graduação
em Ciências Ambientais (PPGCA) da Universidade Federal do Pará (UFPA). Coordenador do
Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (PPGDSTU)
do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA) da Universidade Federal do Pará (UFPA)

Downloads

Publicado

04-07-2022

Como Citar

Coelho Borges, A., & Theóphilo Folhes, R. . (2022). Agricultura familiar camponesa: formas de existência em Mojuí dos Campos- PA. Campo-Território: Revista De Geografia Agrária, 17(44 Abr.), 414–436. https://doi.org/10.14393/RCT174419

Edição

Seção

Artigos