Mundialização da agricultura e o uso de agrotóxicos no município de Guaranésia - MG

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT153608

Resumo

A utilização maciça de agrotóxicos impacta também a economia, apropriando o lucro agrícola dos pequenos agricultores, uma vez, que parte do capital é destinada a compra desse tipo de insumos. , percebe-se que nosso espaço agrícola é um retrato da subordinação da agricultura brasileira ao capital internacional já que a implantação da Revolução Verde ocorreu por meio da imposição das indústrias de agrotóxicos com a presença marcante do incentivo realizado pelo governo brasileiro cujos insumos são comercializados, principalmente, por empresas transnacionais. Nesta perspectiva levando em consideração o uso crescente de agrotóxicos, os casos de contaminação dos rios, a submissão dos agricultores ao uso destes produtos, a pressão exercida pelas cooperativas e pelo sul de Minas Gerais ser uma região grande produtora de café no país (conhecida pela ampla utilização de agrotóxicos) essa reflexão se justifica por buscar compreender a mundialização da agricultura e a territorialização do uso de agrotóxicos e consequentemente os impactos socioeconômicos para a agricultura familiar, e assim, poder elucidar a realidade agrária no município de Guaranésia-MG como também no cenário nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Vieira de Melo, Universidade Federal de Alfenas

Graduada em Geografia Licenciatura pela UNIFAL-MG. Mestranda em Geografia no PPGEO UNIFAL-MG. Professora da SEE-MG.

Flamarion Dutra Alves, Universidade Federal de Alfenas

Doutor em Geografia UNESP - Rio Claro. Professor Adjunto da Universidade Federal de Alfenas -MG.

Downloads

Publicado

03-07-2020

Como Citar

MELO, R. V. de; ALVES, F. D. Mundialização da agricultura e o uso de agrotóxicos no município de Guaranésia - MG. Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 15, n. 36 Jul., p. 199–229, 2020. DOI: 10.14393/RCT153608. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/52183. Acesso em: 15 jul. 2024.