Pluriatividade em uma comunidade pesqueira no litoral Leste do Ceará

estimativas e desdobramentos para a gestão dos recursos ambientais

Autores

  • Leilane Oliveira Chaves Universidade Federal do Ceará
  • Christian Brannstrom Texas A&M University
  • Edson Vicente da Silva Universidade Federal do Ceará - Professor do Departamento de Geografia da UFC

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT143212

Resumo

Os estudos sobre pluriatividade continuamente abordam as estruturas sociais e econômicas das famílias do meio rural em ambientes terrestres. No entanto, trabalhos de Sacco dos Anjos, et al. (2012); Santos (2015) e Santos e Brannstrom (2015) emergem na inclusão de usuários de recursos costeiros, os pescadores tradicionais, nas discussões sobre pluriatividade. Assim, o presente artigo analisa a pluriatividade em uma comunidade pesqueira no litoral leste do Ceará, com base na aplicação de 23 questionários com representantes do núcleo residencial. O estudo indica as principais modalidades da pluriatividade (famílias pesqueiras, famílias pluriativas e famílias não pesqueiras), mostrando que as atividades relacionadas ao recursos naturais, quando realizadas isoladamente, são insuficientes para a subsistência das famílias. Pensões e políticas sociais ajudam as famílias a manter a pluriatividade. O estudo colabora na ampliação das discussões acerca da pluriatividade em áreas costeiras e na análise das interferências de grandes projetos de desenvolvimento na pluriatividade, mostrando que a diversidade de atividades ocorre muito mais por necessidade do que por escolha do núcleo familiar, mas  podem atenuar a pressão sobre o uso de recursos naturais e aumentar o controle das práticas tradicionais nesses ambientes, contribuindo para uma melhor planejamento e gestão dos territórios tradicionais. 

Palavras-chave: Pluriatividade. Comunidade tradicional. Pesca. Zona Costeira. Impactos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

02-09-2019

Como Citar

CHAVES, L. O.; BRANNSTROM, C.; DA SILVA, E. V. Pluriatividade em uma comunidade pesqueira no litoral Leste do Ceará : estimativas e desdobramentos para a gestão dos recursos ambientais . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 14, n. 32 Abr., 2019. DOI: 10.14393/RCT143212. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/47333. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos