Uso, ocupação do espaço e perspectivas de desenvolvimento do turismo ecorrural na bacia hidrográfica do ribeirão São Vicente, Ituiutaba, MG

Autores

  • Bruno de Freitas Faculdade de Ciências integradas do Pontal/Universidade Federal de Uberlândia
  • Anderson Pereira Portuguez Faculdade de Ciências integradas do Pontal/Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT91722995

Palavras-chave:

Educação ambiental, Espaço rural, Ituiutaba,MG, Roteiro, Turismo

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo de estudar as características do meio natural e compreender os processos históricos responsáveis pela ocupação da Bacia Hidrográfica do Ribeirão São Vicente, em Ituiutaba, MG. Para tanto, realizou-se uma série de levantamentos documentais, revisão bibliográfica, elaborou-se representações cartográficas e, em campo, realizou-se: cobertura fotográfica, aplicação de questionários e realização de entrevistas abertas junto aos proprietários rurais da bacia estudada. Observou-se que há de fato potencialidades para a prática turística em escala local. No entanto, as propriedades ainda necessitam de um amplo trabalho de qualificação e estruturação para que o turismo ecorrural seja de fato viável. Por fim, propôs-se um roteiro de turismo ecorrural com base nos atrativos potenciais da paisagem investigada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno de Freitas, Faculdade de Ciências integradas do Pontal/Universidade Federal de Uberlândia

Acadêmico do Curso de Geografia da FACIP/UFU. Bolsista do CNPq.

Anderson Pereira Portuguez, Faculdade de Ciências integradas do Pontal/Universidade Federal de Uberlândia

Campus do Pontal - Ituiutaba/MG. Professor do Programa de Mestrado Profissional em Gestão de Negócios em Turismo da Universidade Estadual do Ceará.

Downloads

Publicado

06-05-2014

Como Citar

FREITAS, B. de; PORTUGUEZ, A. P. Uso, ocupação do espaço e perspectivas de desenvolvimento do turismo ecorrural na bacia hidrográfica do ribeirão São Vicente, Ituiutaba, MG . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 9, n. 17 Abr., p. 330–361, 2014. DOI: 10.14393/RCT91722995. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/22995. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos