A organização de um espaço inter-étnico: o noroeste do Rio Grande do Sul

Autores

  • Jussara Mantelli Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Ivo Canabarro Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUI

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT51011944

Palavras-chave:

Território, Cultura, Região

Resumo

Este artigo visa entender que o processo de ocupação pelos imigrantes europeus e descendentes pode ser considerado como elemento definidor da organização do território composto pela porção noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. O segmento produtivo passa constantemente por (re) arranjos de seus elementos sociais, técnico-estruturais e de produção, considerando-se relevante para a análise da organização do espaço regional, as condições físico-territoriais e o processo de ocupação estadual, relacionado às atividades agropecuárias presentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jussara Mantelli, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Professora Doutora em Geografia do Instituto de Ciências Humanas e da Informação

Ivo Canabarro, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUI

Professor Doutor em História do Departamento de Ciências Sociais

Downloads

Publicado

08-09-2010

Como Citar

MANTELLI, J.; CANABARRO, I. A organização de um espaço inter-étnico: o noroeste do Rio Grande do Sul . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 5, n. 10 Ago., p. 333–348, 2010. DOI: 10.14393/RCT51011944. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/11944. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos