PROPOSTA METODOLÓGICA PARA AVALIAÇÃO DOS REGISTROS SECUNDÁRIOS DE ALAGAMENTOS: UMA ABORDAGEM A PARTIR DE CURITIBA-PARANÁ, BRASIL

Autores

  • Elaiz Aparecida Mensch Buffon Universidade Federal do Paraná
  • Mayara Soares de Sousa Universidade Federal do Paraná, UFPR.

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia196713

Resumo

O primeiro passo da avaliação dos registros de alagamentos é conhecer o tipo de dado, visando identificar passos para a exploração e suas possíveis inter-relações com outros dados. Nesse sentido, o trabalho tem como objetivo propor um encaminhamento metodológico para a avaliação dos registros de alagamentos em Curitiba-PR. Para isso foram utilizados os seguintes dados: registros de alagamentos e precipitação pluviométrica (na escala horária e diária) considerando o intervalo de 2009 a 2012. Os resultados mostraram a existência de registros de casos de alagamentos que não estão associados a eventos de chuva, indicando possíveis erros e/ou inconsistências. Os passos adotados para avaliação dos registros permitiram obter melhores resultados da correlação entre chuva e registros de alagamentos, especialmente, na escala horária. Identificou-se que diferentes valores (mm/hora e mm/24horas) de chuva causam alagamentos, o que precisa ser melhor explorado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaiz Aparecida Mensch Buffon, Universidade Federal do Paraná

Doutoranda em Geografia. Atua no Laboratório de Climatologia

Mayara Soares de Sousa, Universidade Federal do Paraná, UFPR.

Mestranda em Geografia. Atua no Laboratório de Análise de Padrões Espaciais e Cartografia

Downloads

Publicado

22-10-2018

Como Citar

Mensch Buffon, E. A., & Soares de Sousa, M. (2018). PROPOSTA METODOLÓGICA PARA AVALIAÇÃO DOS REGISTROS SECUNDÁRIOS DE ALAGAMENTOS: UMA ABORDAGEM A PARTIR DE CURITIBA-PARANÁ, BRASIL. Caminhos De Geografia, 19(67), 188–204. https://doi.org/10.14393/Hygeia196713

Edição

Seção

Artigos