GEOGRAFIA CLÁSSICA E ENSINO: UMA BREVE DISCUSSÃO

Autores

  • Lucas Guedes Vilas Boas

Palavras-chave:

Ciência geográfica. Período tradicional. Ensino.

Resumo

Este artigo possui como intento desvelar a visão que alguns geógrafos clássicos apresentavam quanto ao ensino de geografia, considerando as peculiaridades espaço-temporais de suas obras. Como aporte teórico-metodológico deste estudo, analisou-se obras de renomados geógrafos clássicos, bem como textos de autores que escrevem sobre a Geografia Clássica, enfocando a problemática do ensino da disciplina de Geografia no período de sua sistematização enquanto ciência. Algo que merece ênfase é o fato de que o ensino de geografia, tanto no nível escolar, quanto no acadêmico, serviu, por muito tempo, a um projeto nacionalista. Era intenso o enlace existente entre ensino de geografia e geopolítica. Outro aspecto que deve ser salientado é que alguns dos renomados geógrafos clássicos eram significativamente opostos ao método tradicional de ensino, baseado na mera repetição dos saberes transmitidos pelos docentes, como se os estudantes fossem simples receptáculos do conhecimento. Portanto, a partir da análise das obras supramencionadas, pode-se afirmar que já no século XIX, alguns dos expoentes da Geografia Clássica já discutiam sobre o ensino da disciplina, defendendo algumas práticas bastante valorizadas hodiernamente, como por exemplo, os trabalhos de campo e excursões, a utilização do globo terrestre na sala de aula, entre outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Guedes Vilas Boas

Licenciado e Bacharel em Geografia - UFJF. Especialista em Ciências Humanas e Saúde - UFJF. Mestrando em Geografia - UFJF. Professor Efetivo de Geografia do CEFET/MG

Downloads

Publicado

11-12-2015

Como Citar

Vilas Boas, L. G. (2015). GEOGRAFIA CLÁSSICA E ENSINO: UMA BREVE DISCUSSÃO. Caminhos De Geografia, 16(56). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/29206

Edição

Seção

Artigos