ECOLOGIA POPULACIONAL DE Xylopia emarginata Mart. (Annonaceae) EM MATA DE GALERIA INUNDÁVEL, UBERLÂNDIA, MG

Autores

  • Jamir Afonso do Prado Júnior Instituto de Biologia - Universidade Federal de Uberlândia
  • Ana Paula Oliveira Instituto de Biologia - Universidade Federal de Uberlândia
  • Carolina de Silvério Arantes Instituto de Biologia - Universidade Federal de Uberlândia
  • Vagner Santiago Vale Instituto de Biologia - Universidade Federal de Uberlândia
  • Sérgio de Faria Lopes Universidade Estadual da Paraíba
  • Ivan Schiavini Instituto de Biologia - Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG144823598

Palavras-chave:

Distribuição espacial, estrutura populacional, mortalidade, pindaíba

Resumo

As Florestas de Galeria (FG) estão sob intenso processo de antropização, reduzindo drasticamente seu potencial ecológico antes que se conheçam seus componentes bióticos e sua importância para a conservação dos recursos hídricos. Este estudo objetivou investigar a população de X. emarginata. Os indivíduos adultos foram quantificados e medidos em altura e DAP, em 62 parcelas de 10x10m. Arvoretas e plântulas foram quantificadas e tiveram as medidas de alturas e DAS aferidas em 2001 e 2002, em 20 parcelas sorteadas de 10x10m e 5x5m, respectivamente. Foram analisados: distribuição espacial (índice de Morisita); estruturas de altura e diâmetro (distribuição em classes e comparação das medidas nos dois anos por teste t pareado); crescimento em tamanho (diferença de medidas nos dois anos); e taxa de recrutamento e mortalidade. Foram registrados 1706 indivíduos em 2001 (432 plântulas, 734 arvoretas e 540 adultos) e 1007 em 2002 (359 plântulas e 648 arvoretas), com altas densidades. A distribuição foi agregada. Houve crescimento em quase todas as classes. A taxa de recrutamento foi de 0% (plântula) e 1,8% (arvoreta) e a taxa de mortalidade 19,7 % e 10,1%, respectivamente. A população de X. emarginata estudada pode estar sofrendo um processo de declínio na área de estudo, sendo necessário acompanhamento a longo prazo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jamir Afonso do Prado Júnior, Instituto de Biologia - Universidade Federal de Uberlândia

Doutorando pela Pós Graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais, Instituto de Biologia, Universidade Federal de Uberlândia Mestre em Biologia Vegetal

Ana Paula Oliveira, Instituto de Biologia - Universidade Federal de Uberlândia

Pós-Doutorado em Biologia vegetal, Doutorado em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais pela Universidade Federal de Uberlândia, Brasil

Carolina de Silvério Arantes, Instituto de Biologia - Universidade Federal de Uberlândia

Doutorando pela Pós Graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais, Instituto de Biologia, Universidade Federal de Uberlândia

Vagner Santiago Vale, Instituto de Biologia - Universidade Federal de Uberlândia

Pós-Doutorado em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais pela Universidade Federal de Uberlândia, Brasil

Sérgio de Faria Lopes, Universidade Estadual da Paraíba

Doutorado em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais pela Universidade Federal de Uberlândia, Brasil (2010) Professor Titular Efetivo da Universidade Estadual da Paraíba , Brasil

Ivan Schiavini, Instituto de Biologia - Universidade Federal de Uberlândia

Doutorado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas, Brasil Professor Associado da Universidade Federal de Uberlândia , Brasil

Downloads

Publicado

15-12-2013

Como Citar

DO PRADO JÚNIOR, J. A.; OLIVEIRA, A. P.; ARANTES, C. de S.; VALE, V. S.; LOPES, S. de F.; SCHIAVINI, I. ECOLOGIA POPULACIONAL DE Xylopia emarginata Mart. (Annonaceae) EM MATA DE GALERIA INUNDÁVEL, UBERLÂNDIA, MG. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 14, n. 48, p. 186–196, 2013. DOI: 10.14393/RCG144823598. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/23598. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos