DISPERSÃO TERRITORIAL DAS REDES HOTELEIRAS INTERNACIONAIS PARA CIDADES DO INTERIOR: O CASO DE MARINGÁ/PR

Autores

  • Daniel Raminelli Píccolo Universidade Federal do Paraná

Palavras-chave:

Redes Hoteleiras

Resumo

As redes hoteleiras internacionais formaram-se a partir da segunda metade do século XX, com o fim da Segunda Guerra Mundial, na Europa e Estados Unidos, devido à concentração e centralização de capitais e pelo aumento do fluxo de viagens. A entrada de capital internacional na rede hoteleira no Brasil iniciou-se na década 1970, nos grandes centros, como São Paulo e Rio de Janeiro e nos destinos turísticos de "sol e praia". Na década de 1990 houve um crescimento da atuação das redes hoteleiras internacionais no país, concentrando-se nos principais centros de negócios e cidades turísticas. É nesse período que ocorre uma "interiorização da rede hoteleira internacional" para cidades do interior, ditas médias. A cidade de Maringá/PR está passando por um período de crescimento econômico, fato que tem atraído redes de hotéis de capital nacional e internacional, como, por exemplo, a rede Accor, que começou a operar na cidade no ano de 2004.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Raminelli Píccolo, Universidade Federal do Paraná

Graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Maringá (2008). Atualmente é mestrando em Geografia pela Universidade Federal do Paraná e bolsista CAPES/Reuni

Downloads

Publicado

06-04-2011

Como Citar

Raminelli Píccolo, D. (2011). DISPERSÃO TERRITORIAL DAS REDES HOTELEIRAS INTERNACIONAIS PARA CIDADES DO INTERIOR: O CASO DE MARINGÁ/PR. Caminhos De Geografia, 12(37). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16238

Edição

Seção

Artigos