EFEITO DE DIFERENTES FONTES DE ENERGIA SORE A PRODUÇÃO E QUALIDADE DO LEITE E DO QUEIJO DE CABRAS

Autores

  • Gilberto de Lima Macedo Junior Universidade Federal de Uberlândia
  • Isabel Cristina Ferreira Embrapa Cerrados
  • Andréia Regina Pereira Universidade Federal de Uberlândia
  • Victor Jorge Cardoso Rodrigues
  • Marina Elizabeth Barbosa Andrade
  • Mayara Fabiane Gonçalves

DOI:

https://doi.org/10.14393//VTv21n1a2015.27445

Palavras-chave:

caprinos, leite, queijo

Resumo

O leite de cabra é um dos alimentos mais completos para a nutrição humana, rico em proteínas de alto valor biológico, ácidos graxos essenciais assim como vitaminas e minerais. Dessa forma, objetivou-se com este estudo avaliar os resultados do uso do caroço de algodão e do farelo de milho na alimentação das cabras leiteiras, analisando o peso e escore corporal dos animais, a produção leiteira, as características físico-químicas do leite, e análise sensorial do queijo com e sem o uso do palatabilizante, verificando a aceitação das pessoas pelo produto. Foram utilizados 12 animais, sendo seis cabras para cada tipo de tratamento. Em um dos tratamentos as cabras receberam concentrado com caroço de algodão, que é um composto rico em gordura e no segundo tratamento com farelo de milho. Foram analisados os pesos dos animais, peso do leite, escore corporal, características físico-químicas do leite, e análise sensorial do queijo. Os dados foram analisados estatisticamente e observadas algumas mudanças nos animais que receberam o tratamento com o caroço de algodão, entre elas o aumento do peso vivo e escore corporal dos animais que receberam este tratamento. A proteína, acidez, extrato seco e umidade a 1050C do leite não apresentaram diferenças estatísticas em função do período das ordenhas. Na avaliação sensorial dos queijos notou-se que o queijo feito com o uso do palatabilizante orégano obteve média de notas semelhante ao queijo de leite de vaca. A suplementação com o caroço de algodão pode ser uma boa alternativa nutricional para cabras leiteiras, melhorando a condição corporal e o peso dos animais, interferindo nos componentes funcionais e nutricionais do leite, como gordura densidade e acidez e consequentemente influenciando a análise sensorial do queijo. O uso do palatabilizante orégano melhorou a aceitação do produto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2015-05-14

Como Citar

Macedo Junior, G. de L., Ferreira, I. C., Pereira, A. R., Rodrigues, V. J. C., Andrade, M. E. B., & Gonçalves, M. F. (2015). EFEITO DE DIFERENTES FONTES DE ENERGIA SORE A PRODUÇÃO E QUALIDADE DO LEITE E DO QUEIJO DE CABRAS. Veterinária Notícias, 21(1). https://doi.org/10.14393//VTv21n1a2015.27445