EFEITO DOS ADSORVENTES SOBRE O DESEMPENHO DE JUVENIS DE JUNDIÁ (Rhamdia quelen) ALIMENTADOS COM DIETAS CONTAMINADAS COM AFLATOXINAS

Autores

  • Paulo Rodinei Soares Lopes UFPel

Palavras-chave:

juvenil, micotoxina, aluminosilicato, glucomanano, nutrição, crescimento

Resumo

Neste trabalho foram avaliados efeitos das aflatoxinas e de dois adsorvente (ASSCA e GM)) no desempenho zootécnico de juvenis de jundiá (Rhamdia quelen). Foram utilizados 189 peixes com peso inicial de 43,13 g, criados em sistema de recirculação da água termo regulada, durante 60 dias. Nove (9) tratamentos com três níveis de inclusão de aflatoxinas na dieta (0, 50, 100 µgAFkg-1), com dois tipos de adsorvente (ASSCA e GM (0,36%) foram testados em 3 repetições. Os resultados demonstraram que a ação negativa das aflatoxinas, reduziu significativamente o ganho de peso, biomassa final, ganho médio diário e taxa de crescimento especifico dos juvenis de jundiá, proporcionalmente aos níveis crescentes de aflatoxinas na dieta, em relação ao tratamento controle, sem apresentar mortalidade. Conclui-se que os alevinos de jundiá, alimentados com aflatoxinas na dieta, são susceptíveis aos efeitos negativos, com grandes perdas no crescimento e ganho de peso. A adição de 0,3% de glucomanano na dieta neutralizou os efeitos negativos das aflatoxinas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Rodinei Soares Lopes, UFPel

Zootecnista Mestre em Nutrição Animal Doutorado em Produção Animal

Downloads

Publicado

2012-09-13

Como Citar

Lopes, P. R. S. (2012). EFEITO DOS ADSORVENTES SOBRE O DESEMPENHO DE JUVENIS DE JUNDIÁ (Rhamdia quelen) ALIMENTADOS COM DIETAS CONTAMINADAS COM AFLATOXINAS. Veterinária Notícias - Vet Not, 16(1). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18852

Edição

Seção

Artigos