PESQUISA DE AGLUTININAS ANTI-Leptospira EM GATOS ERRANTES DA CIDADE DE UBERLÂNDIA-MG

Autores

  • SANTOS, J.P. FAMEV - UFU
  • FERREIRA JUNIOR, A. Universidade Presidente Antonio Carlos
  • MUNDIM, E.V. FAMEV - UFU
  • SANTOS, M.P. FAMEV - UFU
  • OLIVEIRA, P.R. FAMEV - UFU
  • LIMA, A.M.C. FAMEV - UFU

Palavras-chave:

Leptospirose, diagnóstico, soroaglutinação microscópica, gato.

Resumo

Em felinos a leptospirose é descrita como de ocorrência incomum, apesar disto, inquéritos sorológicos relatam reações positivas em gatos no Brasil e em outros países. O objetivo deste trabalho foi avaliar a presença de anticorpos anti-Leptospira em amostras de soros de 28 gatos, de idade e sexo variados e sem alterações clínicas, alojados na Associação de Proteção Animal (APA) da cidade de Uberlândia-MG, no mês de Abril de 2006. As amostras foram analisadas pelo teste de soroaglutinação microscópica em campo escuro, utilizando- se 13 sorovares de Leptospira. Detectouse a presença de anticorpos aglutinantes em 7/31 animais (22,6%) com títulos que variaram de 50 a 400, sendo que 4 reagiram para o sorovar pyrogenes, 1 para o sorovar bataviae, 1 para autumnalis e 1 para autumnalis, icterohaemorragiae e pyrogenes. Entre as fêmeas testadas, 2/12 (16,6%) foram reagentes e entre os machos 5/19 (26,3%) reagiram positivamente. Todos os animais reagentes eram gatos adultos (> 1 ano), não tendo sido observado positividade entre os animais jovens(<1 ano). Os dados preliminares permitiram concluir que há probabilidade de alta ocorrência de animais reagentes, entretanto o estudo prossegue com a coleta de novas amostras de soro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-02-12

Como Citar

J.P., S., A., F. J., E.V., M., M.P., S., P.R., O., & A.M.C., L. (2008). PESQUISA DE AGLUTININAS ANTI-Leptospira EM GATOS ERRANTES DA CIDADE DE UBERLÂNDIA-MG. Veterinária Notícias - Vet Not, 12(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18781

Edição

Seção

Artigos