ESTUDO DE FATORES NÃO GENÉTICOS QUE INFLUENCIAM O PESO AO NASCER DE OVINOS

Autores

  • SIMIONI, V.M. FAMEV - UFU
  • SOARES, P. Academico. FAMEV - UFU
  • SILVA, E.V. Academico. FAMEV - UFU

Palavras-chave:

Peso ao nascer, fatores de meio, fatores não genéticos, ovinos.

Resumo

Peso ao nascer é resultante da ação simultânea da herança e do meio, tornando-se necessário identificar causas de variação de meio que, embora não herdáveis se constituem em fatores condicionantes da manifestação deste peso. O conhecimento destas causas associado às estimativas de herdabilidades reflete sobre os critérios e métodos de seleção a serem adotados. Objetivou-se avaliar fatores não genéticos sobre 332 registros de peso ao nascer de ovinos da Estância BS, Rio Verde-GO, referentes à estação de monta de 01/ 02 a 15/04/2005. Os animais pertencentes às raças Ile de France, Texel além de outros mestiços foram criados em pasto (Tifton 85), suplementados com ração e sujeitos aos cuidados profiláticos e sanitários de rotina. A metodologia envolveu o uso do pacote estatístico SAS (1990) para a formação do arquivo, consistência, análise descritiva e verificação dos fatores de meio, através do procedimento GLM. O modelo matemático incluiu os efeitos fixos de mês de nascimento (junho a setembro), tipo de parto (simples, duplo, triplo) e sexo do produto. A média e o desvio padrão foram de 3,90±1,03 kg, com coeficiente de variação de 26,30%. A análise de variância mostrou que estes efeitos foram altamente significativos (P<0,01) sobre o peso ao nascer. O mês de junho produziu cordeiros de menor peso ao nascimento (3,06 kg), enquanto setembro produziu os de maior peso (4,08 kg). Houve tendência de aumento da média ajustada do peso ao nascer com o passar dos meses. O nascimento em partos duplos e triplos reduziu significativamente (21,23% e 4,01%, respectivamente) o peso ao nascer ajustado em comparação aos partos simples. Cordeiros machos pesaram ao nascer 4,04 kg e fêmeas, 3,75 kg, uma diferença de 7,18%. Concluiu-se que os fatores de meio identificados como significantes sobre o peso ao nascer deverão ser considerados quando do estudo de parâmetros genéticos, comparações entre animais e, em análises subseqüentes, nesta população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-02-12

Como Citar

V.M., S., P., S., & E.V., S. (2008). ESTUDO DE FATORES NÃO GENÉTICOS QUE INFLUENCIAM O PESO AO NASCER DE OVINOS. Veterinária Notícias, 12(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18741

Edição

Seção

Artigos