EFEITO DA ORDEM DE PARTO E SEXO DAS CRIAS NO PESO DO BEZERRO AOS 120 DIAS DE IDADE E ESCORE CORPORAL DE VACAS NELORE

Autores

  • Giovanna Faria de Moraes Universidade Federal de Uberlândia
  • Isabel Cristina Ferreira Universidade Federal de Uberlândia
  • Anaís Sicilia Camacho
  • Ísis da Costa Hermisdorff

Palavras-chave:

Bos indicus. Habilidade Materna. Índices zootécnicos. Multíparas. Primíparas.

Resumo

A habilidade materna é influenciada pela ordem de parto, e é uma característica que pode ser analisada com mais precisão mensurando o peso do bezerro aos 120 dias. O escore de condição corporal é um parâmetro eficaz para o incremento das eficiências produtiva e reprodutiva das matrizes. Nesse sentido, objetivou-se avaliar o efeito da ordem de parto (primíparas x multíparas) e do sexo das crias no escore de condição corporal das vacas e no peso dos bezerros e das vacas. Foram pesadas e avaliadas o escore de condição corporal, 2 meses antes do parto e ao parto, 17 primíparas e 10 multíparas; e foram pesados ao nascimento e aos 120 dias de vida suas respectivas crias. As variáveis peso dos bezerros e das vacas, e o escore de condição corporal foram analisados considerando efeito de ordem de parto e de sexo das crias e as interações entre os fatores. Os efeitos das interações não foram significativos. A ordem de parto e o sexo das crias não influenciaram no escore corporal. Vacas primíparas parem bezerros mais leves e são mais pesadas no pré parto, as vacas que parem bezerros machos são mais pesadas no pré e pós parto, indicando a necessidade de manejos diferenciados para primíparas e multíparas a fim de possibilitar desenvolvimento igualitário a todos os bezerros e crescimento exponencial da produção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giovanna Faria de Moraes, Universidade Federal de Uberlândia

Estudante de Medicina Veterinária, FAMEV - UFU

Downloads

Publicado

2014-01-24

Como Citar

Moraes, G. F. de, Ferreira, I. C., Camacho, A. S., & Hermisdorff, Ísis da C. (2014). EFEITO DA ORDEM DE PARTO E SEXO DAS CRIAS NO PESO DO BEZERRO AOS 120 DIAS DE IDADE E ESCORE CORPORAL DE VACAS NELORE. Veterinária Notícias - Vet Not, 19(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/23732