SUPLEMENTAÇÃO MINERAL PARA BOVINOS DE CORTE SOB PASTEJO. REVISÃO

Autores

  • Andreane Filappi UFSM - Santa Maria-RS
  • Davínia Prestes UFSM - Santa Maria-RS
  • Marcelo Cecim Departamento de Clínica de Grandes Animais - UFSM - Santa Maria-RS

Palavras-chave:

suplementação, mineral, bovino de corte.

Resumo

As inter-relações entre solo-planta-animal, no que se refere a minerais, são complexas e devem ser consideradas para atingir melhores índices de produtividade animal. A suplementação mineral é requerida para correção das deficiências minerais em bovinos sob pastejo. As análises de pastagem, assim como as de solo constituem um dado complementar para definir a carência mineral. No entanto, é imprescindível o estudo do estado mineral, a partir de material proveniente dos animais, sobretudo, quando ocorrem carências subclínicas. Tem-se sugerido a administração de misturas pretensamente completas, as quais, devido aos mecanismos de antagonismo entre os minerais em sua absorção, podem induzir à deficiência. O antagonismo pode aparecer como conseqüência da formação de complexos insolúveis entre os minerais ou, simplesmente, por competição na absorção. Conclui-se que a suplementação mineral formulada e fornecida sem conhecimento do perfil mineral representa, na realidade, um ônus econômico e produtivo à pecuária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-13

Como Citar

Filappi, A., Prestes, D., & Cecim, M. (2007). SUPLEMENTAÇÃO MINERAL PARA BOVINOS DE CORTE SOB PASTEJO. REVISÃO. Veterinária Notícias, 11(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18660

Edição

Seção

Artigos