A permanência dos estudantes no ensino superior em tempos de pandemia: uma análise a partir das ações de assistência estudantil da Universidade Federal do Pará

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n3a2021-62374

Palavras-chave:

Política de Assistência Estudantil, Ensino Superior, Permanência

Resumo

Esse artigo analisa a permanência dos estudantes no ensino superior a partir das ações de assistência estudantil desenvolvidas pela Universidade Federal do Pará (UFPA) no contexto da pandemia da covid-19. Por meio de pesquisa documental se analisou os editais e instrução normativa lançados para apoiar os estudante durante o ensino remoto. Constatou-se que o acesso a esses auxílios foi restrito aos alunos considerados mais pobres, tendo em vista que os recursos destinados à Assistência Estudantil não são suficientes para atender a demanda dos mais de 85% de alunos da UFPA que são vulneráveis socioeconomicamente, ameaçando assim a permanência destes na universidade, especialmente nesse período de pandemia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Simone Bitencourt Braga, Universidade Federal do Pará - Brasil

Mestre em educação (UFPA) e doutoranda em educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPA. Pedagoga da UFPA atuando na Divisão de Assistência Estudantil do Campus Universitário de Bragança-PA.

Terezinha Fatima Andrade Monteiro dos Santos, Universidade Federal do Pará - Brasil

Pós-Doutora pela Universidade de Aveiro-Portugal em 2006 e pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro em 2010. Atualmente é professora titular da Universidade Federal do Pará atuando na Graduação e Pós-Graduação.

Referências

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS DIRIGENTES DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR (ANDIFES). V Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos (as) Graduandos (as) das IFES – Brasília, 2018.

ARAÚJO, J. de O. O elo assistência e educação: análise assistência/desempenho no Programa Residência Universitária alagoana. 2003. 232 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) — Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.

ARAÚJO, M. P. N. Memórias Estudantis, 1937-2007: da fundação da UNE aos nossos dias. Rio de Janeiro: Relume Dumará: Fundação Roberto Marinho, 2007.

BEHRING, E. R e BOSCHETTI, I. Política social: fundamentos e história. 9ª ed. São Paulo: Cortês, 2011.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Diário Oficial da União. Brasília: Imprensa Nacional, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 06 de abril de 2019.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 23 de dezembro de 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 06 de abril de 2019.

BRASIL. Lei n° 10.861/2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES. Diário Oficial da União. Brasília – DF, 14 de abril de 2004. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.861.htm. Acesso em: 18 de maio de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa n° 39, de 12 de dezembro de 2007. Programa Nacional de Assistência Estudantil - PNAES. Diário Oficial da União. Brasília, 12 de dezembro de 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/portaria_pnaes.pdf. Acesso em: 15 de outubro de 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Decreto nº 7234 de 19 de Julho de 2010. Programa Nacional de Assistência Estudantil – PNAES. Diário Oficial da União. Brasília, 19 de julho de 2010. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/decreto/d7234.htm. Acesso em: 15 de outubro de 2016.

BRASIL. Lei Nº 12.711, de 29 de agosto de 2012. Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, 29 de agosto de 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12711.htm. Acesso em: 28 de abril de 2019.

BRESSER PEREIRA, L. C. Burocracia pública na construção do Brasil. 2007. Disponível em: http://www.reformadagestaopublica.org.br/. Acesso em: 03/12/2009.

CHAVES, V. L. J. A expansão e a mercantilização do ensino superior brasileiro. In: Livre-Comércio: o que está em jogo? Campanha Jubileu Sul/Brasil (Org.) São Paulo: Paulinas, 2004.

CHAVES, V. L. J.; AMARAL, N. C. Política de expansão da educação superior no Brasil – o ProUni e o FIES como financiadores do setor privado. In: Educação em Revista, v.32, n.4, pp.49-72, out-dez, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-4698162030.

IMPERATORI, T. K. A trajetória da assistência estudantil na educação superior brasileira. Serv. Soc. Soc, São Paulo, n. 129, p. 285-303, maio/ago. 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/0101-6628.109.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA (INEP). Censo da Educação Superior 2019. Brasília-DF, 2020.

KOWALSKI, A.V. Os (des) caminhos da política de assistência estudantil e o desafio na garantia de direitos. 2012. 179 f. Tese (Doutorado em Serviço social) - Faculdade de Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

LIMA, C. A arte da participação e a participação pela arte: uma experiência nas casas de estudantes universitárias da UFPE. Serviço Social em Revista. Londrina, UEL, v. 5 n. 1, jul/dez de 2002. DOI: https://doi.org/10.14393/eda-v1-n2-2020-57555.

MELO, J. R. T. O Programa Nacional de Assistência Estudantil - PNAES e os desafios para a inclusão social face à ―política da dor. 2019. 110 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Programa de Pós-Graduação em Educação, Belém, 2019.

PALAVEZZINI, J.; ALVES, J. M. Assistência estudantil nas universidades federais: o orçamento do programa nacional de assistência estudantil (PNAES) garante a permanência do estudante? In: III Congresso Internacional de Política Social e Serviço Social: Desafios Contemporâneos, IV Seminário Nacional de Território e Gestão de Políticas Sociais, Congresso de Direito à cidade e Justiça Ambiental. Londrina PR, de 02 a 05 de Julho de 2019. Disponível em: https://www.congressoservicosocialuel.com.br/trabalhos2019. Acesso em: 20/01/2020.

PERONI, V.; ADRIÃO, T. Programa Dinheiro Direto na Escola: Uma proposta de redefinição do papel do Estado na Educação? Brasília: Instituto Anísio Teixeira, 2007.

REIS, L. F. Dívida pública, política econômica e financiamento das universidades federais nos governos Lula e Dilma (2003-2014). Universidade e Sociedade. Brasília, ANDES-SN, Ano XXVI - Nº 57 - janeiro de 2016, p. 16-35.

SANTOS, T. F. A. M. A gestão da educação, regulação social e parcerias público-privadas. Revista Série Estudos – UCBB, nº 29, 2010. p. 29-39.

SÁ-SILVA, J. R.; ALMEIDA, C. D.; GUINDAN, J. F. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais. Rio Grande do Sul, Ano I - Número I - Julho de 2009.

SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL. Plano de Desenvolvimento da Unidade SAEST 2018-2020. UFPA. Belém-PA, 2018. Disponível em: https://proplan.ufpa.br/images/conteudo/proplan/pdu/saest/saest.pdf. Acesso em: 05 fev. 2020.

SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL. Edital nº 05/2020: Auxílio Alimentação Emergencial/2020. UFPA. Belém-PA, 2020. Disponível em: https://www.saest.ufpa.br/portal/images/Editais/2020.05.Alimentacao.Emergencial.2020.pdf. Acesso em: 20 jun. 2020.

SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL. Edital nº 06/2020: Auxílios Emergenciais de Apoio à Inclusão Digital. UFPA. Belém-PA, 2020. Disponível em: https://www.saest.ufpa.br/portal/images/Editais/2020.06.AUXILIOS.DE.INCLUSAO.DIGITAL.pdf. Acesso em: 16 ago. 2020.

SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL. Edital nº 10/2020: Auxílio Emergencial de Apoio à Inclusão Digital - Chip. UFPA. Belém-PA, 2020. Disponível em: https://www.saest.ufpa.br/portal/images/Editais/2020.10.AUXILIO.DE.INCLUSAO.DIGITAL.CHIP.pdf. Acesso em: 01 set. 2020.

SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL. Instrução Normativa Nº 01/2021: Auxílio Emergencial de Apoio à Inclusão Digital - Chip. UFPA. Belém-PA, 2021. Disponível em: https://saest.ufpa.br/portal/index.php/instrucao-normativa. Acesso em: 01 mar. 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. Universidade em números 2020: ano base 2019. Belém-PA, 2020. Disponível em: http://www.ufpanumeros.ufpa.br/. Acesso em: 15 mar. 2021.

VARGAS, M. L. F. Ensino superior, assistência estudantil e mercado de trabalho: um estudo com egressos da UFMG.2008. 205 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.

VASCONCELOS, N. Programa Nacional de Assistência Estudantil: uma análise da assistência estudantil ao longo da história da educação superior no Brasil. Revista da Católica. Uberlândia, v. 2, n. 3, p. 399-411, 2010. DOI: https://doi.org/10.26512/2015.5.d.18619.

Downloads

Publicado

2021-10-01

Como Citar

Braga, S. B. ., & Santos, T. F. A. M. dos . (2021). A permanência dos estudantes no ensino superior em tempos de pandemia: uma análise a partir das ações de assistência estudantil da Universidade Federal do Pará. Revista Educação E Políticas Em Debate, 10(3), 1090–1106. https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n3a2021-62374

Edição

Seção

DOSSIÊ: Direito à educação básica e superior em tempos de pandemia