DETERMINAÇÃO DO MODELO DE DEFORMAÇÃO DA REDE GNSS/SP COM BASE NA TEORIA DA ELASTICIDADE

Conteúdo do artigo principal

Franciane Lima Caldas
João Carlos Chaves

Resumo

Este artigo demonstra um estudo relacionado à influência de forças externas na superfície terrestre, analisando dados registrados de determinadas estações da rede GNSS/SP e as deformações às quais elas são submetidas. Para a análise das deformações foi aplicado o Teste de Congruência Global nas estações da Rede GNSS/SP como também das estações de referência para estudo dos deslocamentos e estabilidade da rede. Após a verificação da estabilidade dos pontos de referência foram então calculados os parâmetros de deformação. Dessa maneira, utilizou-se uma série temporal com os dados dos anos de 2010, 2011 e 2012 coletados para 10 estações de monitoramento contínuo GNSS (seis estações da estrutura investigada e quatro estações utilizadas como referência) utilizando os softwares GAMIT (GPS Analysis at MIT) e GLOBK (Global Kalman filter VLBI and GPS analysis program). Os resultados indicam que ocorreram deslocamentos na estrutura investigada durante o período analisado e que as estações utilizadas no processamento e no cálculo das deformações como referência permaneceram estáveis. Com base nos resultados obtidos, foi determinado um modelo matemático que permite a estimativa da deformação para os pontos da Rede GNSS/SP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
CALDAS, F. L.; CHAVES, J. C. DETERMINAÇÃO DO MODELO DE DEFORMAÇÃO DA REDE GNSS/SP COM BASE NA TEORIA DA ELASTICIDADE. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 67, n. 1, 2015. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44727. Acesso em: 7 ago. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Franciane Lima Caldas

Mestre em Ciências Geodêsicas