PADRÕES METEOROLÓGICOS E MORFOLÓGICOS ASSOCIADOS À EVENTOS DE INUNDAÇÃO NA BACIA DO RIO URUGUAI: ESTUDO DE CASO PARA O MUNICÍPIO DE URUGUAIANA-RS

Conteúdo do artigo principal

Diego Oliveira de Souza
João Félix de Luca Lino
Tiago Bernardes
Enos Nobuo Sato
Mosefran Barbosa Macedo Firmino

Resumo

No Brasil, os principais fenômenos relacionados a desastres naturais são estiagens, inundações (bruscas e graduais), escorregamentos de solos e/ou rochas, e tempestades. Estes fenômenos ocorrem normalmente associados a eventos pluviométricos intensos e prolongados, ou ao déï¬cit de precipitação. A cidade de Uruguaiana está localizada às margens do rio Uruguai, segundo maior tributário da bacia do rio da Prata e de grande importância econômica para a região Oeste do estado do Rio Grande do Sul; este rio drena uma área de 250.000 km2 e faz fronteira com a Argentina. Neste contexto, este trabalho tem como objetivo identiï¬car possíveis padrões morfológicos e meteorológicos relacionados com processos de inundação no município de Uruguaiana, cuja população é afetada com frequência pelo impacto destes eventos hidrológicos. Para cumprir com o objetivo proposto foram utilizadas informações do modelo digital do terreno para a área de estudo, além de dados hidrográï¬cos e de estimativas de precipitação por satélite, analisando assim eventos pretéritos de inundação. A partir dos resultados do trabalho foi possível concluir que eventos de inundação na cidade de Uruguaiana estão diretamente relacionados com altos volumes de precipitação, geralmente superiores em 200 mm da normal meteorológica, sobre a bacia de drenagem. Destaca-se também que quando a precipitação está concentrada em relevo acidentado da bacia, são suï¬ cientes baixos volumes de precipitação, concentrados em curto intervalo de tempo, para deflagrar eventos de inundação em Uruguaiana. Por outro lado, nas sub-bacias de relevo mais suavizado, a precipitação tende a causar menos danos por inundação. No contexto de monitoramento se observa, ainda que de forma qualitativa, que a distribuição da precipitação nas sub-bacias de relevo mais íngreme está relacionada com maiores chances de ocorrência de inundação nesses locais, o que signiï¬ca que estas sub-bacias requerem redobrada atenção, em comparação com aquelas de relevo mais plano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
SOUZA, D. O. de; LINO, J. F. de L.; BERNARDES, T.; SATO, E. N.; FIRMINO, M. B. M. PADRÕES METEOROLÓGICOS E MORFOLÓGICOS ASSOCIADOS À EVENTOS DE INUNDAÇÃO NA BACIA DO RIO URUGUAI: ESTUDO DE CASO PARA O MUNICÍPIO DE URUGUAIANA-RS. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 69, n. 4, 2017. DOI: 10.14393/rbcv69n4-44323. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44323. Acesso em: 7 dez. 2022.
Seção
Artigos