DETERMINAÇÃO DAS COMPONENTES DO DESVIO DA VERTICAL PARA ESTABELECIMENTO DE REFERENCIAL BATIMETRICO NA REPRESA DO LOBO, ITIRAPINA - SP

Conteúdo do artigo principal

Dalva Maria de Castro Vitti
Cláudio Bielenki Junior
Frederico Fábio Mauad
Maurício Roberto Veronez

Resumo

O levantamento batimétrico consiste na coleta de profundidades georreferenciadas em leitos submersos. O Referencial altimétrico é necessário para redução das profundidades em altitudes ortométricas. As técnicas para transporte de coordenadas por métodos clássicos são morosas e caras. O GNSS (Global Navigation Satellite System) com correção em tempo real proporciona maior rapidez e conï¬abilidade na determinação da posição e da altitude elipsoidal. Em locais onde a gravidade é desconhecida pode-se determinar as componentes do desvio da vertical para correção do nivelamento GNSS e assim obter o desnível geométrico de um alinhamento com referência ao geoide local. Nas adjacências da represa do Lobo, entre os municípios de Itirapina e Brotas, São Paulo foi realizado o nivelamento GNSS com receptores Leica GS-15 RTK no método rápido estático com 1000 posições a uma taxa de coleta de 1 segundo e nivelamento geométrico com nível Leica Sprinter 150M de 4 alinhamentos, em que foram determinados os valores das componentes do desvio da vertical ζ» e η" e a correção a ser aplicada ao nivelamento GNSS. Os valores encontrados foram 1,89" para ζ" e 9,84" para η" que possibilita a correção do nivelamento GNSS para pontos nivelados a partir da base geodésica EC001, localizada no CRHEA (Centro de Recursos Hídricos e Estudos Ambientais).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
VITTI, D. M. de C.; BIELENKI JUNIOR, C.; MAUAD, F. F.; VERONEZ, M. R. DETERMINAÇÃO DAS COMPONENTES DO DESVIO DA VERTICAL PARA ESTABELECIMENTO DE REFERENCIAL BATIMETRICO NA REPRESA DO LOBO, ITIRAPINA - SP. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 69, n. 2, 2017. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44015. Acesso em: 22 maio. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Dalva Maria de Castro Vitti, Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de São Carlos Centro de Recursos Hídricos e Estudos Ambientais

Engenheira Agrimensora (UFV), mestre em Engenharia Urbana (UFSCar), doutoranda em Engenharia das Ciências Ambientais (EESC/USP). Atualmente, professora da Faculdade de Tecnologia de Jahu - SP.

Cláudio Bielenki Junior, Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de São Carlos Centro de Recursos Hídricos e Estudos Ambientais

Engenheiro Cartógrafo (UFRGS), Especialista em Geoprocessamento (UFSCar) e mestre em Tranportes (USP)

Frederico Fábio Mauad, Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de São Carlos Centro de Recursos Hídricos e Estudos Ambientais

Professor Associado da Universidade de São Paulo e coordenador do curso de pós graduação em Ciências da Engenharia Ambienal da Escola de Engenharia de São Carlos.

Maurício Roberto Veronez, Universidade do Vale dos Sinos Advanced Visualization Laboratory (VizLab)

Engenheiro Agrimensor (UFV) mestre e doutor em Transportes (EESC/USP). Atualmente é coordenador do curso de Geologia da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS.