USO DE SÉRIES TEMPORAIS EVI/MODIS E ANÁLISE HARMÔNICA PARA O ESTUDO DA BACIA DO RIO TAQUARI

Conteúdo do artigo principal

María Silvia Pardi Lacruz
Manoel de Araújo Sousa Júnior

Resumo

Este trabalho apresenta o uso da análise harmônica sobre imagens EVI do MODIS com o intuito de conhecer o potencial desta técnica no estudo da dinâmica da bacia do rio Taquari, região do Pantanal. Usando uma serie de 23 imagens do ano de 2005 foram calculadas as imagens: amplitude e ângulo de fase, assim como o termo aditivo. Os resultados obtidos mostraram que as imagens amplitudes apresentam valores baixos no primeiro harmônico, o que indica poucas mudanças durante o período em estudo; já as áreas de inundação permanente são caracterizadas por apresentarem os menores valores de amplitude. As maiores variações da amplitude correspondem às áreas agrícolas. A resposta das culturas com padrão unimodal, tem uma resposta elevada no primeiro harmônico, e valores baixos nos termos restantes; já as culturas com padrão bimodal, têm uma resposta maior no segundo harmônico. A imagem fase do primeiro harmônico indica maiores variações no período de janeiro a março, que é a época de maior intensidade de chuvas no pantanal. A fase mostrou que o leque aluvial do rio Taquari apresenta uma resposta bem diferenciada do restante da bacia e está relacionada com as áreas inundadas na época de novembro e dezembro. As imagens variância do primeiro harmônico indicam uma diferença entre a planície e o planalto: na planície, os menores valores no primeiro harmônico correspondem às áreas sujeitas a inundação, com valores menores do que 20%; a maior parte do planalto apresenta valores de variância superiores a 20%, predominando os valores entre 60 e 80%.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
LACRUZ, M. S. P.; SOUSA JÚNIOR, M. de A. USO DE SÉRIES TEMPORAIS EVI/MODIS E ANÁLISE HARMÔNICA PARA O ESTUDO DA BACIA DO RIO TAQUARI. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 59, n. 1, 2011. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43958. Acesso em: 26 set. 2022.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)