A contação de histórias como prática alfabetizadora na promoção da aprendizagem inicial da modalidade escrita da língua

Autores

  • Niele Rosa Pereira da Silva Colégio Pedro II
  • Gisele Abreu Lira Corrêa dos Santos Universidade Federal do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

Alfabetização, Letramento, Escrita, Material Didático, Contação de Histórias

Resumo

Este artigo resulta da pesquisa de mestrado intitulada “Da Oralidade à Escrita: a contação de histórias na alfabetização”, visando identificar metodologias e práticas pedagógicas capazes de superar os desafios educacionais impostos pela pandemia da Covid-19. O objetivo da pesquisa é compreender como a contação de histórias, enquanto prática pedagógica contínua e planejada, contribui para o desenvolvimento e aprendizagem da modalidade escrita da língua na alfabetização. Houve a elaboração de um material pedagógico composto por sequências didáticas contextualizadas, utilizando livros infantis e a prática de contação de histórias em sala de aula, com ênfase no desenvolvimento inicial da escrita. Os participantes da pesquisa foram estudantes de uma turma de alfabetização de uma escola municipal do Rio de Janeiro. Aspectos relevantes para a pesquisa surgiram nas discussões sobre conceitos fundamentais em práticas alfabetizadoras, nas estratégias adotadas por professores para o desenvolvimento da escrita, no planejamento da contação de histórias e de aplicação de atividades para o avanço da hipótese de escrita. A avaliação da escrita dos estudantes durante as atividades permitiu constatar que a prática docente de contar histórias, juntamente com material didático específico e apropriado, estimula o aprendizado das crianças que estão no período de alfabetização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gisele Abreu Lira Corrêa dos Santos, Universidade Federal do Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Referências

BUSATTO, Cléo. Contar e encantar: pequenos segredos da narrativa. 8. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

CANDIDO, Antônio. O direito à literatura. In: ___. Vários Escritos. 5 ed. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul/ São Paulo: Duas Cidades, 2011. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/7664524/mod_resource/content/1/Candido%20O%20Direito%20%C3%A0%20Literatura.pdf. Acesso em: 31 de mai. 2024.

FERREIRO, Emília; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da língua escrita. Artes Médicas, 1986.

LUCENA, Hillka Bragante. As contribuições da literatura infantil e da contação de história para o processo de alfabetização das crianças nos anos iniciais do ensino fundamental. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura Plena em Pedagogia) – Centro de Educação, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2020. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/bitstream/123456789/17893/1/HBL13082020.pdf Acesso em: 06 ago. 2022.

MORAIS, Artur Gomes de. Sistema de Escrita Alfabética. São Paulo: Editora Melhoramentos, 2012 (Como eu ensino).

PEDRAÇA, Ardélia Silva et al. A IMPORTÂNCIA DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NO ENSINO-APRENDIZAGEM. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação, [S. l.], p. 06–57, 2021. Disponível em: https://periodicorease.pro.br/rease/article/view/2114. Acesso em: 3 jun. 2024.

PIMENTA, Paula. Educação busca superar os estragos da pandemia. [S. l.]: Agência Senado, 8 abr. 2022. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/infomaterias/2022/03/educacao-busca-superar-estragos-da-pandemia. Acesso em: 15 mai. 2022.

SOARES, Magda. Alfabetização: a questão dos métodos. São Paulo: Contexto, 2016.

SOARES, Magda. Alfaletrar: toda criança pode aprender a ler e a escrever. São Paulo: Contexto, 2020.

SILVA, Andrea Alves da; CARVALHO, Elivane Lacerda C.; ROCHA, Ana Paula de Araújo. As contribuições da contação de história e da literatura no processo de alfabetização. In: ANAIS DO SIMPÓSIO DE TCC, DAS FACULDADES FINOM E TECSOMA, 2., 2020. Patos de Minas: 2020. p. 303- 315. Disponível em: https://www.finom.edu.br/assets/uploads/cursos/tcc/202101280801175.pdf. Acesso em: 06 ago. 2022.

SILVA, Maurício; FRANCHI, Vanessa Leão. VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Imaginação e criação na infância. São Paulo: expressão popular, 2018. Cadernos de Pós-graduação, [S. l.], v. 20, n. 1, p. 294–296, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.5585/cpg.v20n1.18798. Acesso em: 31 maio. 2024. DOI: https://doi.org/10.5585/cpg.v20n1.18798

SISTO, Celso. Textos e pretextos sobre a arte de contar histórias. Curitiba: Positivo, 2005.

Downloads

Publicado

2024-06-13

Como Citar

SILVA, N. R. P. da; SANTOS, G. A. L. C. dos. A contação de histórias como prática alfabetizadora na promoção da aprendizagem inicial da modalidade escrita da língua. Olhares & Trilhas, [S. l.], v. 26, n. 1, p. 1–19, 2024. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/olharesetrilhas/article/view/73317. Acesso em: 25 jul. 2024.