Documentos oficiais, pesquisas acadêmicas e práticas pedagógicas na construção da transição entre Educação Infantil e Ensino Fundamental

Conteúdo do artigo principal

Luciana dos Santos Gonçalves
https://orcid.org/0000-0002-7079-0744
Maria Silvia Pinto de Moura Librandi da Rocha
https://orcid.org/0000-0002-6001-1292

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar o processo de transição de crianças da Educação Infantil (EI) para o Ensino Fundamental (EF), a partir de documentos oficiais que provêem os sistemas de ensino com diretrizes ao trabalho pedagógico e de investigações científicas sobre o tema. Para tal, realizamos pesquisa documental (analisando 8 documentos produzidos na esfera federal como referenciais para as redes educacionais) e pesquisa bibliográfica (analisando 23 trabalhos científicos, entre artigos, dissertações e teses). Como resultados destacamos que no campo do discurso (legal e acadêmico-científico) reconhece-se a importância de procedimentos para que a transição promova condições favoráveis ao desenvolvimento infantil; entretanto, no campo das práticas pedagógicas pouco é concretizado. Conjecturamos como possível fonte desta heterogeneidade o modo de construção dos discursos, marcados por pouca interlocução entre os distintos campos. Destacamos a cristalização dos problemas, já que as análises dos aportes dos dois discursos evidenciam poucas transformações quanto ao que se diz e ao que se faz. Fundamentando-nos na Teoria Histórico-cultural apontamos a relevância de esforços para transformações no panorama descrito, tanto em termos do discurso oficial quanto em termos de futuras pesquisas, realçando que as condições concretas de organização e articulação dos dois segmentos educacionais podem ser mais ou menos mobilizadoras e férteis para o desenvolvimento infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Gonçalves , L. dos S. ., & Rocha, M. S. P. de M. L. da . (2021). Documentos oficiais, pesquisas acadêmicas e práticas pedagógicas na construção da transição entre Educação Infantil e Ensino Fundamental. Ensino Em Re-Vista, 28(Contínua), e035. https://doi.org/10.14393/ER-v28a2021-35
Seção
ARTIGOS DE DEMANTA CONTÍNUA

Referências

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Promulgada no dia 05 de outubro de 1988.

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei federal n. 8.069, de 13 de julho de 1990.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Coordenação de Educação Infantil. Política de Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF/COEDI, 1993.

BRASIL. Educação Infantil no Brasil: situação atual. Brasília: MEC/ SEF/DPEF/ COEDI, 1994a.

BRASIL. Política Nacional de Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF/DPEF/ COEDI, 1994b.

BRASIL. Por uma política de formação do profissional de Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF/DPEF/COEDI, 1994c.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, nº. 9.394, de 20 de dez. 1996.

BRASIL. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (Volumes 1, 2 e 3). Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Política Nacional de Educação infantil: pelo direito das crianças de zero a seis anos à Educação. Brasília, MEC, SEB, 2005.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Parâmetros Nacionais de Qualidade para Educação Infantil (Volume 1 e 2). Brasília, DF, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Resolução Resolução no.5, 17de dezembro de 2009. Fixa as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. 2009.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEB, 2010.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017.

CORREA, B. C.; BUCCI, L. A vivência em uma pré-escola e as expectativas quanto ao ensino fundamental sob a ótica das crianças. Jornal de Políticas Educacionais. v. 12, n. 9. p. 1-20, jun. 2018. DOI: https://doi.org/10.5380/jpe.v12i0.57964.

CRUZ, S. H. V.; SANTOS, C. O. Perspectivas de crianças sobre o cotidiano da pré- escola: o recreio em foco. Textura, v. 18, n. 36, p. 171-190, jan-abr. 2016.

FURLANETTO, E. C.; MEDEIROS, A. S.; BIASOLI, K. A. A transição da Educação Infantil para o Ensino Fundamental narrada pelas crianças. Revista Diálogo Educacional, v. 20, n. 66, p. 1230-1254, set. 2020. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/26966. Acesso em: 10.12.2020. DOI: https://doi.org/10.7213/1981-416x.20.066.ds13.

MARTINATI, A. Z.; ROCHA, M. S. P. M. L. Faz de conta que as crianças já cresceram: o processo de transição da Educação Infantil para o Ensino Fundamental. Psicol. Esc. Educ., Maringá, v. 19, n. 2, p. 309-320, Ago. 2015. Disponível em: . Acesso dia 01.04.2019. DOI: https://doi.org/10.1590/2175-3539/2015/0192839.

MICARELLO, H. Avaliação e Transições na Educação Infantil. In: Anais do I Seminário Nacional: currículo em movimento. Perspectivas Atuais: Belo Horizonte, novembro de 2010, p. 1-14. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/docman/dezembro-2010-pdf/7163-2-11-avaliacao-transicoes-hilda-micarello/file>. Acesso dia 21.01.2021.

MOTTA, F. M. A. De crianças a alunos: transformações sociais na passagem da educação infantil para o ensino fundamental. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.37, n1, p 157-173, jan./abr.2011. DOI: https://doi.org/10.1590/s1517-97022011000100010.

NEVES, V. F. A.; GOUVÊA, M. C. S.; CASTANHEIRA, M. L. A passagem da educação infantil para o ensino fundamental: tensões contemporâneas. Revista Educação e Pesquisa. Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo. v. 37, n.1, p.121-140, jan/abr, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/s1517-97022011000100008.

NOGUEIRA, G. M.; VIEIRA, S. R. Contribuições da Pedagogia da Infância para a Articulação entre Educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental. Revista Linhas, Florianópolis, v. 14, n. 26, p. 265-292, jan. 2013. Disponível em: . Acesso em: 16 jun. 2019. DOI: https://doi.org/10.5965/1984723814262013265.

PASSEGGI, M. C., FURLANETTO, E. C., DE CONTI, L., CHAVES, I. E. M. B., GOMES, M. O., GABRIEL, G. L.; ROCHA, S. M. Narrativas de crianças sobre as escolas da infância: cenários e desafios da pesquisa (auto)biográfica. Educação (UFSM), Santa Maria, p. 85-104, jan. 2014. ISSN 1984-6444. Disponível em: . Acesso em: 30.08.2018. DOI: https://doi.org/10.5902/1984644411345.

VIGOTSKI, L.S. Problemas de la psicología infantil. In Obras Escogidas. Tomo IV. Madri: Visor, 1996.