Professores de ensino religioso: estudo exploratório sobre sua atuação profissional

Conteúdo do artigo principal

Alexsandro Macêdo Saraiva
http://orcid.org/0000-0003-0111-5750
Isabel Maria Sabino de Farias
http://orcid.org/0000-0003-1799-0963

Resumo

O presente estudo tem como objeto de análise a atuação profissional dos professores da disciplina de Ensino Religioso na rede municipal de uma cidade no Estado do Ceará e objetiva compreender a percepção destes sobre o Ensino Religioso e o modo como eles constroem suas práticas pedagógicas, tomando como base teórica o debate sobre desenvolvimento profissional docente (MARCELO, 2009; NÓVOA, 2009, FORMOSINHO, 2009; IMBERNÓN, 2011). Nesta pesquisa qualitativa exploratória, os dados foram produzidos por meio de um questionário on line, respondido por 30 professores. Os resultados demonstraram que os professores vivenciam em seu trabalho a precarização, a falta de apoio institucional e uma busca solitária e individual de construção dos aportes teórico-metodológicos para a disciplina. Concluímos que faz-se necessário realizar políticas de gestão e acompanhamento formativo destes docentes, de modo que as problemáticas no âmbito desta disciplina possam ser minoradas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Saraiva , A. M. ., & Farias , I. M. S. de . (2021). Professores de ensino religioso: estudo exploratório sobre sua atuação profissional. Ensino Em Re-Vista, 28(Contínua), e032. https://doi.org/10.14393/ER-v28a2021-32
Seção
ARTIGOS DE DEMANTA CONTÍNUA

Referências

ALARCÃO, I.; ROLDÃO, M. C. Um passo importante no desenvolvimento profissional dos professores: o ano de indução. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 6, n. 11, p. 109-126, 31 dez. 2014.

AMARAL, D. P.; OLIVEIRA, R. J. ; SOUZA, E. C. F. Argumentos para a formação do professor de ensino religioso no projeto pedagógico do curso de Ciências das Religiões da UFPB: que docente se pretende formar?. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 98, n. 249, p. 270-292, ago. 2017. DOI: https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.98i249.2628.

ARAÚJO, N. L. O ciclo de vida da carreira profissional do docente de ensino religioso. 2014, 131f. Dissertação (Mestrado em Ciências das Religiões) - Centro de Educação. Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília,
MEC/CONSED/UNDIME, 2017. Disponível em:
http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_publicacao.pdf. Acesso em: 12 out.2019.

BREZEZINSKI, I. (Org.) Profissão Professor: Identidades e profissionalização docente. Brasília: Plano Editora, 2002.

CUNHA, L. A. O Sistema Nacional de Educação e o Ensino Religioso nas escolas públicas. Educação e Sociedade, Campinas, v. 34, n. 124, p. 925-941, jul./set. 2013. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-73302013000300014.

FARIAS, I. M. S.; SALES, J. O. C.; BRAGA, M. M. S.; FRANÇA, M. S. L. Didática e docência: aprendendo a profissão. 4ª edição. Brasília: Liber Livro, 2014.

FARIAS, I. M. S.; ROCHA, C. C. T.. Desenvolvimento Profissional de Professores da Educação Básica: Reflexões a partir da experiência no PIBID. Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 24, n. 3, p.123 - 140, set./dez. 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rea.v24i3.7524.

FORMOSINHO, J. (Coord.) Formação de professores: aprendizagem profissional e acção docente. Portugal: Porto Editora, 2009.

GARCÍA, C. M. Formação de professores: para uma mudança educativa. Colecção ciências da educação para o século XXI. Porto, Portugal: Porto Editora, 1999.

GATTI, B. Questões: professores. Escolas e contemporaneidade. In: ANDRÉ, M.(Org.) Práticas inovadoras na formação de professores. Campinas, São Paulo: Papirus, 2016.p. 35-47.

GIBBONS, J. D.; CHAKRABORTI, S. Nonparametric Statistical Inference, New York: Marcel Dekker Inc, 2003.

HOBOLD, M. S.; FARIAS, I. M. S. Didática e formação de professores: contributos para o desenvolvimento profissional docente no contexto das DCNs. Revista Cocar, Belém, Edição Especial, nº.8, p.102-125, jan./abr./2020.

IACZINSKI, I. Ensino Religioso: entre o prescrito e as práticas docentes. 2013. 113 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

IMBERNÓN, F. Formação continuada de professores. Porto alegre: Artmed, 2010.

LEÃO, F. D.P. O diálogo inter-religioso na prática pedagógica dos professores da Rede Pública Municipal de Fortaleza. 2016. 148f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza –CE.

MARTINS FILHO, L. J. Tem azeite na botija?: Ensino religioso nos anos iniciais do ensino fundamental em Florianópolis-SC. 2009. 153f. Tese (Doutorado em Teologia) – Escola Superior de Teologia, Instituto Ecumênico de Pós-graduação, São Leopoldo- RS.

NÓVOA, A.(Org.) Os professores e a sua formação. Portugal: Porto, 1992.

NÓVOA, A.(Org.). Vidas de professores. 2. ed. Porto: Porto Editora, 2000.

OLIVEIRA, A. M.. Relações de gênero e orientação sexual no currículo da disciplina de Ensino Religioso em escolas estaduais e municipais de Recife. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 13, n. 39, p. 1510-1533, 1 out. 2015. DOI: https://doi.org/10.5752/P.2175-5841.2015v13n39p1510.

PIMENTA, S. G. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, S. G. (Org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez Editora, 1999. p. 15-34.

SILVA, M. Em Busca do Significado do Ser Professor do Ensino Religioso. João Pessoa: Ed. Universitária UFPB, 2010.

SOARES, A. M. L. Religião & Educação: da Ciência da Religião ao Ensino Religioso. São Paulo: Paulinas, 2010.

SOUSA, E. F. Narrativas de vida e processo de espiritualização dos professores do ensino religioso. 2011. 175f. Dissertação (Mestrado em Educação Brasileira) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 17ª edição. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

TARDIF, M.; RAYMOND, D. Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. Educação & Sociedade, ano 23, n. 73, p. 209-244, dez, 2000. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-73302000000400013.

TARDIF, M.; LESSARD, C. O trabalho docente. Elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

VEIGA, I. P. A. Docência como Atividade Profissional. In: VEIGA, I. P. A.; D’ÁVILA, C. M. (Orgs.). Profissão Docente: novos sentidos, novas perspectivas. 2ª edição. Campinas, SP: Ed. Papirus, 2010 (Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico).