Pareceres da Revista Documenta: cursos de formação de professores de Matemática no Brasil (1962 a 1979) em foco

Conteúdo do artigo principal

Maria Ednéia Martins
https://orcid.org/0000-0002-4866-9577
Letícia Nogueira Gomes
https://orcid.org/0000-0003-3051-4902

Resumo

Neste artigo, apresenta-se uma análise de pedidos de autorização, conversão ou reconhecimento de cursos que formavam professores de Matemática no Brasil, entre 1962 e 1979. Esses pedidos foram feitos por  instituições públicas federais ou privadas e publicados na Revista Documenta. Esta Revista foi publicada mensalmente, entre 1962 e 2006, pelo Conselho Federal de Educação (CFE). A análise aqui em tela é um recorte da pesquisa de Gomes (2019), a qual integra o projeto de ampla envergadura Mapeamento da formação e atuação de professores de Matemática no Brasil, do Grupo História Oral e Educação Matemática (Ghoem). Para analisar esses pareceres Gomes (2019) mobilizou o referencial da Hermenêutica de Profundidade, proposto por Jonh. B. Thompson. Assim, trazemos para o debate acadêmico, intenções declaradas de formar professores, justificativas dos conselheiros, inserções de regiões geográficas no mapeamento e de cursos em sua intenção de ser, ainda que muitos deles não tenham sido criados. Esta é, julgamos, nossa principal contribuição para a História da Educação Matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Martins, M. E. ., & Gomes, L. N. . (2021). Pareceres da Revista Documenta: cursos de formação de professores de Matemática no Brasil (1962 a 1979) em foco. Ensino Em Re-Vista, 28(Contínua), e031. https://doi.org/10.14393/ER-v28a2021-31
Seção
DOSSIÊ - HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

Referências

BARALDI, I. M. Retraços da Educação Matemática na Região de Bauru (SP): uma história em construção. 2003. 3 v. 288 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2003.

BARALDI, I. M.; GAERTNER, R. Contribuições da CADES para a Educação (Matemática) Secundária no Brasil: uma Descrição da Produção Bibliográfica (1953-1971). Bolema, Rio Claro, V. 23, N. 35A, P.159-183, abr. 2010.

BRASIL. Lei n.° 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: Presidência da República, 1961. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/leis/L4024.htm. Acesso em: 16 jun. 2020.

DOCUMENTA. Rio de Janeiro: Conselho Federal de Educação, 1962-1979.

GOMES, L. N. Revista Documenta: constituição de acervo e sistematização para estudos em História da Educação Matemática. Relatório (IC), Departamento de Matemática, FC, Unesp, Bauru, 2014.

GOMES, L. N. Revista Documenta: um mapeamento da criação de cursos de graduação que formavam professores de Matemática nas décadas de 1960 e 1970. Relatório (IC), CNPq/Departamento de Matemática, FC, Unesp, Bauru, 2016.

GOMES, L. N. O que nos conta a Revista Documenta: sobre cursos que formavam professores de Matemática no Brasil (1962 a 1979). Dissertação (Mestrado em Educação para a Ciência) – Universidade Estadual Paulista – Unesp, Bauru, 2019.

LUIZ, T.C. Revista Documenta (1980-2000): levantamento de dados e sistematização para estudos em História da Educação Matemática. Projeto (IC), CNPq/Departamento de Matemática, FC, UNESP, Bauru, 2017.

MARTINS-SALANDIM, M. E. A interiorização dos cursos de Matemática no Estado de São Paulo: um exame da década de 1960. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista – Unesp, Rio Claro, 2012.

ROTHEN, J. C. Funcionário Intelectual do Estado: um estudo de epistemologia política do Conselho Federal de Educação. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-graduação em Educação da UNIMEP. 2004.