Da criação ao fechamento - aspectos históricos sobre o primeiro curso de formação de professores (de Matemática) em Ituiutaba - MG

Conteúdo do artigo principal

Ivete Maria Baraldi
https://orcid.org/0000-0001-9779-510X
Douglas Marin
https://orcid.org/0000-0002-5798-5176

Resumo

Este artigo é parte de um estudo que teve a intenção de elaborar uma versão histórica sobre o movimento de criação dos primeiros cursos de formação de professores (de Matemática), no Triângulo Mineiro, Minas Gerais. Aqui, discutimos mais especificamente sobre os movimentos que vão desde a criação ao fechamento do primeiro curso de Matemática em Ituiutaba. Mobilizamos como metodologia de pesquisa a História Oral, tal qual a concebemos e praticamos no Grupo de Pesquisa História Oral e Educação Matemática – Ghoem. Além das fontes orais foram mobilizadas outras fontes, acessadas em arquivos públicos e privados, e outros trabalhos que nos ajudaram a elaborar compreensões sobre o tema. Apresentamos uma síntese dos resultados, que abrange um movimento de constituição do ensino superior em Ituiutaba, da formação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ituiutaba e da criação ao fechamento do primeiro curso de formação de professores (de Matemática) nessa localidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Baraldi, I. M. ., & Marin, D. . (2021). Da criação ao fechamento - aspectos históricos sobre o primeiro curso de formação de professores (de Matemática) em Ituiutaba - MG. Ensino Em Re-Vista, 28(Contínua), e018. https://doi.org/10.14393/ER-v28a2021-18
Seção
DOSSIÊ - HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

Referências

ALBUQUERQUE JR, D. M. História: a arte de inventar o passado. Bauru, SP: Edusc, 2007.

BARALDI, I. M. Retraços da Educação Matemática na região de Bauru (SP): uma história em construção. 2003. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro/SP, 2003.

BARALDI, I. M. Grupo de Pesquisa História Oral e Educação Matemática: dos estudos sobre História da Educação Matemática (Inclusiva). Revista de História da Educação Matemática - Histemat, ano 4, n.3, p.93-103, 2018.

BRASIL. Lei n. 5.540, de 28 de Novembro de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. (1968). Disponível em:
Acesso em: 10 nov. 2020.

CUNHA, L. A. A Universidade Reformanda: o golpe de 1964 e a modernização do ensino superior. São Paulo: Editora UNESP, 2007. DOI: https://doi.org/10.7476/9788539304561.

CURY, F. G. Uma história da formação de professores de Matemática e das Instituições formadoras do estado do Tocantins. 2011. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro/SP, 2011.

DECRETO nº 46.478, de 03 de abril de 2014. Regulamenta a absorção, pela Universidade do Estado de Minas Gerais, das atividades de ensino, pesquisa e extensão mantidas pela Fundação Educacional de Ituiutaba, 2014. Disponivel em: . Acesso em: 30 mar. 2020.

DECRETO nº 66.602, de 20 de Maio de 1970 . Autoriza o funcionamento da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ituiutaba, no Estado de Minas Gerais, 1970. Disponivel em: . Acesso em: 30 mar. 2020.

DOCUMENTA. Rio de Janeiro: Conselho Federal de Educação. v. 229, dez. /1979.

DOCUMENTA. Rio de Janeiro: Conselho Federal de Educação. v. 174, jul. /1975.

GARNICA, A. V. M., FERNANDES, D. N.; SILVA, H. Entre a Amnésia e a Vontade de nada Esquecer: notas sobre regimes de historicidade e história oral. Bolema, 25(41), 213-250, 2011.

GARNICA, A. V. M; SOUZA, L. A.. Elementos de História e de Educação Matemática. São Paulo: Cultura Acadêmica, Unesp, 2012.

GARNICA, A. V. M. História Oral e Educação Matemática. In: M. C. Borba & J. L. Araújo (org.). Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática (p. 77-98). Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

GARNICA, A. V. M. Presentificando Ausências: A Formação e a Atuação dos Professores De Matemática. In: CUNHA, A.M. de O. (org.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

GARNICA, A. V. M. Cartografias contemporâneas: mapa e mapeamento como metáforas para a pesquisa sobre formação de professores de Matemática. ALEXANDRIA Revista de Educação em ciências e Tecnologia, v.6, n.1, p. 35- 60, 2013.

GARNICA, A. V. M. (Org.). Cartografias Contemporâneas: Mapeando a Formação de Professores de Matemática no Brasil. Curitiba: Appris, 2014.

GARNICA, A. V. M. História oral em educação matemática: um panorama sobre pressupostos. História Oral, v. 18, n. 2, p. 35-53, jul./dez. 2015

GARNICA, A. V. M. Grupo de Pesquisa História Oral e Educação Matemática: mapeamento da formação e atuação de professores que ensinam/ensinaram matemática no Brasil. Revista de História da Educação Matemática - Histemat, ano 4, n.3, p.68-92, 2018.

GARNICA, A. V. M.; GOMES, M. L. M. História oral: diversidade, pluralidade e narratividade em educação matemática. In: GONÇALVES, H. L. J. (Org.). Educação Matemática & Diversidade(s). Porto Alegre, RS: Editora Fi, 2020. Disponível em: . Acesso em: 10 nov. 2020.

MARIN, D. Uma história da criação dos primeiros cursos de formação de professores (de Matemática) no Triângulo Mineiro - Minas Gerais. 2019. Tese (Doutorado em Educação para Ciência) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro, SP, 2019.

MARTINS-SALANDIM, M. E. Grupo de Pesquisa História Oral e Educação Matemática: dos estudos sobre Hermenêutica de Profundidade. Revista de História da Educação Matemática -Histemat, ano 4, n.3, p.133-146, 2018.

MARTINS-SALANDIM, M. E. A interiorização dos cursos de Matemática no estado de São Paulo: um exame da década de 1960. 2012. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro/SP, 2012.

MASETTO, M.T. Formação continuada de docentes no ensino superior numa sociedade do conhecimento. Mesa redonda. In: I Colóquio Internacional sobre ensino superior. Feira de Santana: UEFS, 2008. Anais ... Feira de Santana: UEFS, 2008.

MORAES, V. C. O. Tudo pela pátria: a história do Instituto Marden (1933–45). 2004. Dissertação (Mestrado em Educação)-Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia.

MORAIS, M.B. Se um viajante... percursos e histórias sobre a formação de professores de Matemática no Rio Grande do Norte. 2017. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro/SP, 2017.

OLIVEIRA, L. H. M.M. Entre a Memória e o arquivo: o Colégio Santa Teresa em Ituiutaba. In SOUZA, S. T.; RIBEIRO, B. O. L. (Orgs). Do público ao privado, do confessional ao laico: a história das instituições escolares na Ituiutaba do século XX. Uberlândia: Edufu, 2009.

PACHECO, S.B.N.; LOPES, L. H. F... Escola de Administração de Empresas de Ituiutaba: um estudo preliminar sobre a criação e a implantação da primeira instituição de ensino superior do Pontal do Triângulo Mineiro (1968-1970). In: Seminário Internacional de Educação do Pontal do Triângulo Mineiro, Ituiutaba, 2009. Anais... Ituiutaba: FACIP/UFU, 2009.

PACHECO, S. B. N. Colégio São José: gênese e funcionamento da escola dos estigmatinos em Ituiutaba-MG (1940-1971). 2012. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia/MG, 2012.

SILVA, M. A.; QUILLICI NETO, A. A expansão do ensino superior no Pontal do Triângulo Mineiro: uma análise da influência da Lei 5.540/68. In: VI Congresso de Pesquisa e Ensino de História da Educação em Minas Gerais, 2011, Viçosa/MG. Anais... Viçosa: UFV, 2011.

SILVA, M. A.. Análise histórica da influência da Faculdade Triângulo Mineiro (FTM) na formação de bacharéis em Administração e Contabilidade: décadas de 1970 a 2000. In: VII Congresso Brasileiro de História da Educação, 2013, Cuiabá. Anais... Cuiaba: UFMT, 2013.

SILVA, C.R.M. Uma, nove ou dez narrativas sobre as licenciaturas em Ciências e Matemática em Mato Grosso do Sul. 2015. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro/SP, 2015.

SILVA, H. Grupo de Pesquisa História Oral e Educação Matemática: dos estudos sobre intervenções na formação de professores. Revista de História da Educação Matemática -Histemat, ano 4, n.3, p.103-119, 2018.

VASSELAI, C. As Universidades Confessionais no Ensino Superior Brasileiro: identidades, contradições e desafios. 2001. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas/SP, 2001.