Compreendendo critérios de validação de problemas de contagem utilizados por professores da Educação Básica

Conteúdo do artigo principal

Luzia da Costa Tonon Martarelli
https://orcid.org/0000-0002-3311-5408
Ulisses Dias da Silva
https://orcid.org/0000-0003-3919-2786

Resumo

Esse artigo analisa as concepções e crenças de professores sobre a validade de diferentes soluções de um problema de contagem. Essa pesquisa se justifica pois: (i) problemas de contagem podem apresentar uma série de soluções que envolvem diferentes formas de pensar; (ii) professores costumam valorizar soluções com base em raciocínios padronizados, muitas vezes considerando inválidas soluções corretas porque não se enquadram nesses modelos e (iii) compreender as concepções e crenças desses professores pode servir para estabelecer estratégias, tanto na formação inicial, quanto continuada, para reconhecer e valorizar raciocínios não-padronizados. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com quatro sujeitos pré-selecionados, que foram analisadas segundo a Análise de Conteúdo, e após sucessivas categorizações, foram identificadas três posturas acerca do ensino de contagem, oriundas das entrevistas: postura sintetizante, dialógica e contraditória. Concluímos que diferentes posturas sobre as validações de soluções se expressam em concepções de ensino de contagem em sala de aula, com implicações para qual forma de ensinar e avaliar matemática será apresentada aos alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Martarelli, L. da C. T. ., & Silva, U. D. da . (2020). Compreendendo critérios de validação de problemas de contagem utilizados por professores da Educação Básica. Ensino Em Re-Vista, 27(Especial), 1542–1564. https://doi.org/10.14393/ER-v27nEa2020-16
Seção
Artigos

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 3ª. Lisboa: Edições, v. 70, 2004.

BARUK, S. L'âge du capitaine. De l'erreur en mathématiques. Paris, Le Seuil, 1985.

BIZA, I.; NARDI, E.; ZACHARIADES, T. Competences of mathematics teachers in diagnosing teaching situations and offering feedback to students: Specificity, consistency and reification of pedagogical and mathematical discourses. In: Diagnostic Competence of Mathematics Teachers. Springer, Cham, 2018. p. 55-78.

BRASIL. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. PCN+ Ensino Médio: Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC, 2002.

______. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC, 2019. Disponível em: < http://basenacionalcomum.mec.gov.br/documento/BNCC-APRESENTACAO.pdf>. Acesso em: 08 abr. 2019.

BORBA, R: O raciocínio combinatório na educação básica. In X Encontro Nacional de Educação Matemática, 2010, Salvador. Anais... Salvador: X ENEM, 2010.

BORBA, R.; ROCHA, C. A.; LIMA, A. P. B (2016). Conhecimentos docentes sobre combinatória: reflexões para a prática em sala de aula. In LAURINO, D. P.; RODRIGUES, S. C. (Org) Estudos em Educação em Ciência. Editora da FURG: Rio Grande, 2016. p. 234-252. Disponível em: < http://repositorio.furg.br/handle/1/5939>. Acesso em: 11 dez. 2019.

BORBA, R. E. de S. R.; PESSOA, C. A. dos S.; ROCHA, Cristiane de A. Como estudantes e professores de anos iniciais pensam sobre problemas combinatórios How Primary School students and teachers think about combinatorial problems. Educação Matemática Pesquisa: Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática, v. 15, n. 4, p. 895-908, 2013.

MORGADO, A.C.; CARVALHO, J.B.P.; CARVALHO, P.C.P.; FERNANDEZ, P. Análise Combinatória e Probabilidade: com as soluções dos exercícios. 9 ed. Editora SBM: Rio de Janeiro, 2006.

ROCHA, C. Formação Docente e o Ensino de problemas combinatórios: diferentes conhecimentos, diversos olhares. 2011. 192 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática e Tecnológica) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

SANTOS, R. H. dos. Uma Abordagem do Ensino da Análise Combinatória sob a Ótica da resolução de Problemas. 2011. 232f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Cruzeiro do Sul, UCS-SP, São Paulo.

PESSOA, C.; BORBA, R. Quem Dança com quem: o desenvolvimento do raciocínio combinatório de crianças de 1ª a 4ª série. ZETETIKÉ, Campinas, v.17, n.31, p. 105-155, jan/jun, 2009.

PESSOA, C.; BORBA, R. O Desenvolvimento do Raciocínio Combinatório na Escolarização Básica. Em Teia: Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana, v.1, n.1, 2010. Disponível em: < http://emteia.gente.eti.br/index.php/emteia/article/view/4> Accessado em: 21 set. 2010.