A Pedagogia da Alternância

trabalho de base e pesquisa participante

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT195371520

Palavras-chave:

Educação Popular, Educação do Campo, Escola Família Agrícola

Resumo

Partindo do desafio em consolidar uma base social visando a sustentação da Escola Família Agrícola Regional (EFAR), localizada em Brotas de Macaúbas/BA, e tomando a Pedagogia da Alternância como base de análise, se reflete como o trabalho de base e a pesquisa participante intensificam a potencialidade de transformação social decorrente da ação educativa da própria escola. Queremos demonstrar que os espaços/tempos formativos, escola e comunidade, prescritos na própria Pedagogia da Alternância, são potencializados com a associação da ação educativa como um trabalho de base nos moldes da educação popular. Também queremos demonstrar como a pedagogia da alternância dialoga com a pesquisa participante, aprofundando os conhecimentos sobre as realidades dos educandos. Para tanto, buscamos contextualizar a formação social em Brotas de Macaúbas em meio a conjuntura brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Genival Pereira de Araújo Moura, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

Mestrando em Educação do Campo. Formação Técnica de Nível Médio em Agropecuária pelo Centro Territorial de Educação Profissional de Irecê - CETEP (2011). Graduado em Educação do Campo - Ciências Agrárias pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB (2019). Especialista em Tecnologias de Baixa Emissão de Carbono pela Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF (2022). Integrande Núcleo de Agroecologia e Nova Cartografia Social (CFP/UFRB). Tem experiências em Educação do Campo através da Pedagogia da Alternância e em Assistência Técnica e extensão Rural com ênfase em Agroecologia.

Downloads

Publicado

14-04-2024

Como Citar

MOURA, G. P. de A.; CARVALHO, F. P. de. A Pedagogia da Alternância: trabalho de base e pesquisa participante. Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 19, n. 53, p. 107–123, 2024. DOI: 10.14393/RCT195371520. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/71520. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Trabalho de Campo e a Pesquisa Participante: a contribuição de Carlos Rodrigues Brandão