Produção integrada e segurança alimentar nas vilas produtivas rurais do projeto de integração do Rio São Francisco, vila produtiva Quixeramobim no município de São José de Piranhas – Paraíba

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT164114

Resumo

A reinserção socioprodutiva das famílias reassentadas pelo Projeto de Transposição do Rio São Francisco – PISF, é um dos grandes desafios enfrentados nas Vilas Produtivas Rurais do projeto. O objetivo desse artigo é apresentar a experiência de uma família na vila produtiva Quixeramobim no município de São Jose de Piranhas – PB, que desenvolve em seu quintal produtivo praticas agroecológicas de produção, na perspectiva da segurança alimentar e geração de renda. No contexto do semiárido nordestino, o Programa Básico Ambiental (PBA 08), desenvolvido pela Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Regional – MDA, propôs processos sociais locais que contribuíssem com a segurança alimentar, geração de ocupação e renda e autonomia das famílias reassentadas do PISF. Através de Metodologias Participativas (Linha do Tempo, Caminhada transversal e FOFA) os agricultores familiares indicaram os cursos de Quintal Produtivo e Horta Agroecológica como meios de desenvolver sistemas produtivos adaptados à convivência com o Semiárido em consonância com a preservação do meio ambiente.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

28-12-2021

Como Citar

ARAÚJO DE AQUINO, A.; DO NASCIMENTO JUNIOR , B. J. .; OLIVEIRA, L. S. de . Produção integrada e segurança alimentar nas vilas produtivas rurais do projeto de integração do Rio São Francisco, vila produtiva Quixeramobim no município de São José de Piranhas – Paraíba . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 16, n. 41 Ago., p. 01–12, 2021. DOI: 10.14393/RCT164114. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/62762. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Relato de experiência