O movimento de mulheres camponesas e a construção dos conhecimentos

histórias de vida em Palma Sola e Anchieta, SC

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT164311

Resumo

A partir da história de vida e da observação participante e não participante, esta pesquisa foi realizada com cinco camponesas do oeste catarinense. O objetivo foi identificar as transformações econômicas e culturais nas trajetórias de vida dessas mulheres e como as mesmas impactaram na construção de seus conhecimentos e manejo agrícola. Partindo do contexto de suas infâncias, as transformações com a chegada da Revolução Verde e, posteriormente, as modificações com a participação das mesmas no Movimento de Mulheres Camponesas (MMC). A pesquisa revelou que o MMC, através de suas lutas, contribui para a conquista de condições materiais e simbólicas que permitem a permanência da mulher no campo e a reconquista de sua autonomia na construção de seus conhecimentos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-02-2022

Como Citar

ROCHA GADELHA, R. O movimento de mulheres camponesas e a construção dos conhecimentos: histórias de vida em Palma Sola e Anchieta, SC. Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 16, n. 43 Dez., p. 259–288, 2022. DOI: 10.14393/RCT164311. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/59575. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos