Agricultura familiar e juventude rural no Agreste de Itabaiana/SE

Autores

  • Marcelo Alves Mendes UFS
  • João Ernandes Barreto Nascimento Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT122610

Resumo

O objetivo deste trabalho é destacar a relevância da juventude rural para o fortalecimento da agricultura familiar no Agreste de Itabaiana, ampliando o debate sobre a importância de ações através de políticas públicas para tornar o meio rural mais atraente para essa parcela da população. Como procedimentos metodológicos, foi realizado levantamento bibliográfico e revisão do material selecionado, proporcionando a compreensão do tema abordado, a partir da leitura voltada para o que autores como, Graziano da Silva (1997) e Schneider (2000 & 2007), Mendes (2014), Nascimento, A.(2005), Lopes (2009) e Nascimento, J. & Mendes (2015), pensam sobre as questões que envolvem as discussões e o debate sobre as novas tendências e desafios presentes na agricultura familiar no Brasil, no Nordeste e em Sergipe. Também foram levantados dados e informações no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Censo Agropecuário (1985 1995/6 e 2006), e trabalho de campo no qual foram aplicados 50 questionários nos municípios do Agreste de Itabaiana. Portanto, a partir do processo de diminuição da população do meio rural brasileiro, é voltada a atenção para a capacitação e fixação do jovem no campo, fornecendo mecanismo como escolas agrícolas e universidades com cursos destinados para a nova realidade da agricultura familiar brasileira, sendo que, verificou-se que mais de 50% da população rural jovem possui instrução inferior ao ensino fundamental incompleto, fator que acaba dificultando a vida social e econômica desses jovens agricultores, assim como o acesso aos programas do Governo Federal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Alves Mendes, UFS

Graduado em Geografia Licenciatura pela Universidade Federal de Sergipe (2002), mestrado (2005) e doutorado (2012) em Geografia Agrária e Regional pela UFS. Atualmente é professor adjunto III no curso de Geografia (DGEI/UFS), Coordenou as disciplinas Geografia Agrária e Geografia Regional dos Países Periférifcos da UAB/UFS. Líder do grupo de pesquisa sobre dinâmica rural e regional - GDRR/DGEI/UFS e membro pesquisador do grupo de pesquisa sobre transformações no mundo rural - NPGEO/UFS, ambos credenciados pelo CNPq.

João Ernandes Barreto Nascimento, Universidade Federal de Sergipe

Geógrafo licenciado pela Universidade Federal de Sergipe, mestrando em Geografia vinculado ao Programa de Pós-graduação da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - PPGEO/UESB (Inserido na linha de pesquisa: Produção dos espaços rurais e urbanos). Tem experiência em produção dos espaços rurais e ensino de geografia.

Downloads

Publicado

08-06-2018

Como Citar

MENDES, M. A.; NASCIMENTO, J. E. B. Agricultura familiar e juventude rural no Agreste de Itabaiana/SE. Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 12, n. 26 Abr., 2018. DOI: 10.14393/RCT122610. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/38138. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos