Agroecologia e recursos alimentares não convencionais: contribuições ao fortalecimento da soberania e segurança alimentar e nutricional

Autores

  • Galdino Xavier de Paula Filho Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT102027515

Palavras-chave:

Agroecologia, Soberania alimentar, Conhecimentos tradidionais, Alimentos regionais

Resumo

A prática alimentar esteve inicialmente relacionada à necessidade de sobrevivência e dependente dos recursos que o meio natural dispunha. Com o passar dos anos e com a tecnificação implementada nos sistemas agroalimentares, muitos alimentos passaram a circular como produtos visando à obtenção do lucro. Com o objetivo de discutir a importância destes recursos alimentares, sua relação com a agroecologia e com o fortalecimento da soberania e segurança alimentar e nutricional, realizou-se levantamento bibliográfico utilizando artigos científicos, trabalhos acadêmicos e documentos oficiais. Verificou-se que formou-se uma indústria agroalimentar, por meio de apoios obtidos pelas políticas de crédito agrícola, orientado por um modelo de assistência técnica que teve a contribuição da mídia no incentivo à produção e ao consumo, resultando no abandono dos recursos alimentares não convencionais, na dependência de novas áreas de terra, de energia e de insumos químicos e na degradação das fontes de recursos naturais. Constatou-se que a agroecologia relaciona-se com a soberania e segurança alimentar e nutricional, visto que recursos alimentares não convencionais contribuem com a autonomia das famílias que as consomem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Galdino Xavier de Paula Filho, Universidade Federal de Viçosa

Eng. Agr. – Msc. em Agroecologia. Doutorando em Fitotecnia UFV. Bolsista FAPEMIG

Downloads

Publicado

12-08-2015

Como Citar

PAULA FILHO, G. X. de. Agroecologia e recursos alimentares não convencionais: contribuições ao fortalecimento da soberania e segurança alimentar e nutricional . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 10, n. 20 Jul., p. 227–245, 2015. DOI: 10.14393/RCT102027515. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/27515. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos